PT | EN | ES

Sustentabilidade

No final de 2006, o Futebol Clube do Porto, decidiu avançar para um processo ambicioso e inédito a nível mundial: a implementação de um Sistema de Gestão de Qualidade e Ambiente no Estádio do Dragão. Comprometeu-se, publicamente, que as suas práticas se baseavam em elevados padrões de qualidade e desempenho, e onde se assumia a responsabilidade de se pertencer a um dos maiores clubes da Europa. O FC Porto reforça a sua posição de organização responsável e empenhada num desenvolvimento sustentado.

Em 2007, no dia do quarto aniversário do Estádio do Dragão, a PortoEstádio obtêm a certificação integrada de Qualidade e Ambiente segundo as normas ISO 9001 e ISO 14001, tornando-se, mais uma vez, uma referência no sector de actividade. Actualmente a gestão do Estádio do Dragão é replicada de forma adequada em todas as instalações onde o Futebol Clube do Porto está presente. Em 2010 as Escolas Dragon Force obtêm o certificado de Qualidade no âmbito da gestão e operação das escolas de futebol. O Dragon Force tornou-se ainda mais um projecto ímpar, pelo que envolve e pela qualidade a que se obriga.

Sistema de Qualidade e Ambiente FC Porto Operacional

A metodologia da PortoEstádio assenta num conjunto de regras e procedimentos desenhadas de acordo com as directrizes da sua Política de Qualidade e Ambiente, e preconizados no Manual de Boas Práticas Ambientais . Estas linhas orientadoras, que pretendemos que sejam comunicadas e seguidas pelo universo de adeptos do Futebol Clube do Porto, reflectem a nossa preocupação com um planeta de recursos cada vez mais escassos.

Apesar de apenas em 2007 se ter formalizado publicamente as preocupações com as questões de índole ambiental, esta temática já se encontrava nos fóruns de discussão desde o início da construção do Estádio do Dragão. Prova disto são os prémios e a forma como a instalação foi reconhecida internacionalmente.

Conheça aqui a Política de Qualidade e Ambiente da PortoEstádio e a Política da Qualidade do Dragon Force.

Fechar