PT | EN | ES

1  Bracali

5  Anderson Luís

3  Hugo Basto

33  Jubal (89')

55  Nelsinho

26  André Santos (c)

50  Crivellaro 

10  Nuno Valente (84')

12  Mateus 

16  Tomané

17  Kuca 


Suplentes

13  Rui Sacramento

4  Sema Velázquez

6  Vítor Costa

7  Artur 
(59' Kuca)

20  Sancidino 
(73' Mateus)

42  Gilson Costa

95  Walter González 
(53' Crivellaro)


Treinador

Manuel Machado

sex, 10 março 2017 • 20:30
Estádio: Municipal de Arouca
FC Arouca
25.ª jornada
FC Porto
0
415'  Danilo  25'  Soares  71'  Diogo Jota  86'  Soares 
Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa)
Assistentes: Nuno Roque e Tiago Rocha
4.º Árbitro: Fábio Piló
TV: Sport TV

1  Casillas

2  Maxi (83')

28  Felipe

5  Marcano (c)

13  Alex Telles

22  Danilo 

20  André André (83')

30  Óliver Torres

8  Brahimi 

10  André Silva 

29  Soares 


Suplentes

12  José Sá

4  Boly

6  Rúben Neves

9  Depoitre

18  João Teixeira 
(85' André André)

19  Diogo Jota 
(70' André Silva)

25  Otávio 
(76' Brahimi)


Treinador

Nuno Espírito Santo

10-03-2017

Nona vitória consecutiva vale liderança provisória

​Danilo, Soares (que bisou) e Diogo Jota marcaram, Brahimi fez duas assistências e o FC Porto venceu por 4-0 em Arouca


O FC Porto aumentou o próprio recorde de maior número de vitórias consecutivas nesta edição da Liga NOS, ao somar esta sexta-feira a nona consecutiva, no terreno do Arouca, por claros 4-0. Soares bisou pelo segundo encontro seguido (já leva 16 golos na prova, em que é o segundo melhor marcador), Danilo e Diogo Jota também festejaram e Brahimi, com duas assistências, foi igualmente decisivo. Os Dragões estão no primeiro lugar e vão lá ficar pelo menos até que a jornada 25 seja encerrada, na próxima segunda-feira, no Estádio da Luz, onde o Benfica (segundo, com menos dois pontos) recebe o Belenenses.

A equipa respira saúde e isso vê-se na naturalidade com que os resultados são construídos. Os portistas estão há 22 jogos sem perder na Liga, há cinco sem consentir qualquer golo e conseguiram o quinto triunfo consecutivo fora de portas, num estádio de onde saíram sempre com os três pontos, em quatro visitas (15 golos marcados e um sofrido), e em que marcaram sempre, pelo menos, três golos. O FC Porto regressa ainda ao Porto como melhor ataque (57 golos) e melhor defesa (11 sofridos) e Casillas atingiu um novo máximo de jogos sem sofrer golos (16) num campeonato.

Na primeira parte, o FC Porto soube, acima de tudo, controlar o jogo e ser eficaz: nas três primeiras oportunidades que criou, marcou dois golos. O primeiro aos 15 minutos, por Danilo, que respondeu com um cabeceamento colocado ao livre apontado por Brahimi na direita – um bom presságio, porque, historicamente, sempre que o português marca, os azuis e brancos ganham. Dez minutos depois, uma insistência de Óliver Torres, após um canto, fez a bola chegar a Soares, que desviou para o 2-0. Pelo meio, aos 19, o brasileiro acertou no poste, isolado por Brahimi, e, aos 39, a mesma sociedade construiu nova oportunidade, com o cabeceamento do ponta de lança a sair ao lado.

Durante os primeiros 45 minutos, os locais mal conseguiram chegar à grande área dos Dragões com a bola controlada, pelo que era de esperar uma reação e uma subida no terreno na segunda parte. Manuel Machado alargou a frente de ataque e fez entrar Walter González, mas os arouquenses não passaram das cócegas. Os Dragões controlavam perfeitamente o encontro e, depois de um penálti por assinalar sobre Soares, chegaria a machadada final: o suplente Diogo Jota, cada vez mais uma arma secreta, precisou de cerca de um minuto em campo para fazer o 3-0, resultado de uma excelente tabelinha entre Brahimi e Soares. E Soares, esse mesmo, que marcou agora nos seis primeiros jogos de azul e branco na Liga, fechou a contagem, após assistência de Maxi.

​A próxima jornada da Liga, no Dia do pai (19 de março, domingo, 18h00), traz ao Dragão o Vitória de Setúbal, mas antes há o jogo da Liga dos Campeões no terreno da Juventus (terça-feira, 19h45 de Portugal Continental), onde os portistas vão tentar recuperar da derrota caseira por 2-0. A confiança está em alta.

Voltar ao Topo
Arouca-FC Porto (Liga NOS, 25.ª jornada)
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
13-03-2017

FC Porto Stores com campanha do Dia do Pai

​​Entre 13 e 19 de março, na compra da camisola de equipamento de adulto, criança ou box, a estampagem é gratuita​​​

Ver mais
11-03-2017

Melhor ciclo de vitórias só em 2010/11

​Dragões vão no nono triunfo consecutivo na Liga NOS, quatro deles obtidos fora de casa

Ver mais
10-03-2017

Regresso ao trabalho este sábado

​Sessão marca o arranque da preparação para o jogo com a Juventus, em Turim (terça-feira, 19h45)

Ver mais
10-03-2017

Nuno: “Os jogadores fizeram um trabalho muito bom”

Treinador sublinhou a solidez defensiva como o princípio base para vitórias gordas como a obtida em Arouca (4-0)

Ver mais
10-03-2017

Danilo Pereira: “Tornámos o jogo fácil”

​Médio dos Dragões abriu caminho à goleada em Arouca (4-0), na 25.ª jornada da Liga NOS

Ver mais
10-03-2017

Nona vitória consecutiva vale liderança provisória

​Danilo, Soares (que bisou) e Diogo Jota marcaram, Brahimi fez duas assistências e o FC Porto venceu por 4-0 em Arouca

Ver mais
Fechar