PT | EN | ES

1  Casillas 

21  Ricardo 

28  Felipe 

5  Marcano (c)

13  Alex Telles 

22  Danilo 

10  Óliver 

17  Corona 

8  Brahimi 

9  Aboubakar 

29  Soares 


Suplentes

12  José Sá 
(58' Casillas)

24  João Costa

26  Vaná

2  Maxi 
(58' Corona)

3  Martins Indi

7  Hernâni 
(62' Rricardo)

11  Marega 
(62' Aboubakar)

14  Mikel

15  Rafa 
(90' João Teixeira)

16  Herrera 
(58' Óliver)

18  João Teixeira 
(90' Soares)

19  Layún 
(58' Alex Telles)

23  Reyes 
(58' Felipe)

25  Otávio 
(58' Brahimi)

27  Sérgio Oliveira 
(71' Danilo)

30  Diogo Dalot

33  Rui Pedro


Treinador

Sérgio Conceição

dom, 30 julho 2017 • 19:30
Estádio: Dragão, Porto
Assistência: 47.609 espetadores
FC Porto
Apresentação
Deportivo Corunha
414'  Aboubakar  44'  Aboubakar  55'  Corona  87'  Marega 
0
Árbitro: Fábio Veríssimo (Leiria)
Assistentes: Álvaro Mesquita e Pedro Felisberto
4.º Árbitro: Jorge Sousa
TV: Porto Canal

13  Rubén

2  Juanfran 

6  Albentosa 

12  Sidnei 

16  Luisinho

5  Mosquera

20  Guilherme

21  Bruno Gama

17  Fede Valverde

18  Bakkali 

10  Andone 


Suplentes

23  Francis

3  Fernando Navarro

4  Róber

7  Bicho 
(78' Bakkali)

8  Çolak

9  Fede Cartabia

14  Arribas 
(78' Sidnei)

15  Gerard 
(67' Andone)

19  Borja Valle 
(78' Juanfran)

23  Edu Expósito

24  Schär 
(28' Albentosa)


Treinador

Pepe Mel

30-07-2017

Demolidor e prometedor

FC Po​rto com vitória confortável sobre o Deportivo (4-0) no jogo de apresentação. Aboubakar marcou dois golos.​


​​O FC Porto segue invicto nesta pré-temporada e continua a dar boas indicações quando vê o início do campeonato cada vez mais próximo. Este domingo, dia em que o Estádio do Dragão teve casa cheia, de entusiasmo e de esperança, para a equipa ser apresentada aos adeptos, venceu o Deportivo da Corunha por 4-0, com um bis de Aboubakar, um golo de Corona e outro de Marega, que fazem subir para 13 os remates certeiros nos cinco jogos particulares realizados até agora na pré-temporada.

O encontro assinalou o regresso dos galegos ao Porto numa reedição da meia-final da edição 2003/04 da Liga dos Campeões que os azuis e brancos conquistariam em Gelsenkirchen e o reencontro de Sérgio Conceição a uma casa onde outrora brilhou como jogador. Nesta estreia no Dragão o treinador repetiu o onze que fez alinhar de início na passada quinta-feira frente ao Portimonense (5-1), reforçando os sinais de que já tem pensada a estrutura-base da equipa que vai iniciar a Liga NOS no próximo dia 9 de agosto, com a receção ao Estoril​.

Não se esgotaram aí as semelhanças com o jogo no Algarve, assim com os outros dois particulares, com o Vitória de Guimarães (2-0) e os mexicanos do Chivas (2-2), porque o FC Porto voltou a marcar cedo, a terminar o primeiro quarto de hora. Foi Aboubakar quem fez levantar o estádio pela primeira vez, após uma jogada desenhada por Brahimi, continuada por Corona com um remate ao ferro e finalizada com uma recarga do internacional camaronês.

Foi a sequência natural de mais uma entrada forte e autoritária dos azuis e brancos, com uma pressão muito alta na saída da bola, que expõe ao adversário ao erro, e um jogo rápido e vertical, sempre de olhos postos na baliza. A jogada do 2-0 é disso um exemplo claro: Danilo abriu na direita para Corona, que cruzou para o inevitável Aboubakar encostar para o sexto golo da conta pessoal em cinco jogos desta pré-temporada. Decorria o último minuto da primeira parte e o marcador espelhava a superioridade portista perante um Deportivo que, ainda assim, obrigou Casillas a duas boas defesas aos remates perigosos de Bruno Gama e Bakkali.

O início do segundo tempo trouxe apenas uma novidade, porque o FC Porto trocou o equipamento principal pelo alternativo, o laranja, e os treinadores não mexeram nos 11. No campo também pouco mudou: os azuis e brancos continuaram ser uma equipa agressiva, com e sem bola, como o treinador tanto gosta, mantiveram o bloco alto, com uma linha avançada muito móvel, que baralha e desposiciona quem defende. Foi assim, aliás, que, logo aos 55 minutos, foi encontrado o caminho para o 3-0, assinado por Corona que, após intercetar um mau passe de um defesa, entrou na área em velocidade e bateu Rubén.

O terceiro golo foi o mote para Sérgio Conceição começar alterar as peças do xadrez, o que acabou, naturalmente, por descaracterizar a equipa que, ainda assim, não deixou de criar oportunidades junto da baliza da formação da Galiza. Uma delas foi aproveitada da melhor forma por Marega que, aos 87 minutos, fixou o resultado final de mais uma exibição prometedora do FC Porto neste início de 2017/18.

Voltar ao Topo
FC Porto-Dep.Corunha (Jogo de apresenação)
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
30-07-2017

Jogadores destacam as “boas sensações”

Corona, Aboubakar e Marcano falaram em mais um teste positivo de pré-temporada após o triunfo sobre o Deportivo​

Ver mais
30-07-2017

Sérgio Conceição: “Tenho um grupo fantástico”

Treinador elogiou a evolução da equipa e não negou a emoção no regresso ao Dragão, agora como treinador

Ver mais
30-07-2017

Demolidor e prometedor

FC Po​rto com vitória confortável sobre o Deportivo (4-0) no jogo de apresentação. Aboubakar marcou dois golos.​

Ver mais
30-07-2017

Contar 29 até ao 33

​​Conheça a numeração dos Dragões para a nova temporada​​​​​​​

Ver mais
29-07-2017

Família unida e sem fronteiras

Equipa e adeptos reuniram-se no Estádio do Dragão para a Apresentação do FC Porto versão 2017/18​​​

Ver mais
30-07-2017

​​Um bom vizinho no regresso a casa

​​FC Porto apresenta-se aos adeptos num dia que terá como um dos pontos altos o jogo frente ao Deportivo da Corunha​

Ver mais
Fechar