PT | EN | ES

12  José Sá

21  Ricardo

23  Reyes

5  Marcano (c)

13  Alex Telles

17  Corona 

22  Danilo

10  Óliver

8  Brahimi 

11  Marega 

9  Aboubakar 


Suplentes

1  Casillas

2  Maxi

7  Hernâni 
(64' Corona)

19  Layún 
(80' Brahimi)

20  André André

27  Sérgio Oliveira

29  Soares 
(84' Marega)


Treinador

Sérgio Conceição

dom, 7 janeiro 2018 • 20:15
Estádio: Dragão, Porto
Assistência: 40.309
FC Porto
17.ª jornada
Vitória de Guimarães
457'  Aboubakar  62'  Brahimi  79'  Marega  83'  Marega 
222'  Raphinha  88'  Heldon 
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto)
Assistentes: Rui Licínio e André Nogueira Dias
4.º Árbitro: João Pinho (VAR: António Nobre)
TV: Sport TV 1

1  Douglas

15  Víctor García

33  Jubal

4  Marcos Valente (74')

53  Konan

5  Rafael Miranda (c) (35')

7  Francisco Ramos 

16  Hurtado (41')

10  Heldon 

49  Junior Tallo

11  Raphinha 


Suplentes

56  Miguel Silva

6  Moreno

19  Rincón 
(79' Raphinha)

20  João Aurélio

71  Fábio Sturgeon 
(67' Francisco Ramos)

80  Kiko 
(86' Hurtado)

99  Rafael Martins


Treinador

Pedro Martins

07-01-2018

Este Dragão também sabe dar a volta

​Vitória por 4-2 sobre o Vitória de Guimarães, no fecho da primeira parte da Liga, garante manutenção do primeiro lugar


Quando Raphinha abriu o marcador na noite deste domingo (em presumível fora de jogo, ainda que por um pelo), o FC Porto viu-se numa situação inédita nesta edição da Liga: estava em desvantagem e a necessitar de pelo menos dois golos para vencer e manter a liderança da prova, já que o Sporting já tinha vencido nesta 17.ª jornada. A pressão foi alimento e não inibição: quatro golos na segunda parte continuaram a alimentar a impressionante média no Dragão (3,3) e garantiram o primeiro lugar na viragem para a segunda volta, algo que já não acontecia desde 2010/11.

Este resultado foi conseguido graças a uma segunda parte absolutamente demolidora. E, se toda a equipa tem que ser mencionada no processo do jogo, não há como não referir a arte de Brahimi – autor de um golo genial, no 100.º jogo na Liga – e Corona e dos dois avançados, Aboubakar e Marega. O camaronês marcou o golo que abriu portas para a revolta, aos 57 minutos, e o maliano bisou: ambos têm agora 14 golos na prova – são terceiro e quarto melhores marcadores. Entretanto, já lá vão oito vitórias consecutivas e 17 jogos sem perder, em todos as competições.

Com Reyes e Óliver como novidades no onze, o FC Porto dominou toda a primeira parte, mas ao intervalo perdia por 0-1, graças a um golo de Raphinha, aos 22 minutos, no primeiro de dois remates que os vimaranenses fizeram nos primeiros 45 minutos. Porém, o intervalo podia ter chegado com outro resultado, porque há dois penáltis cometidos sobre Marega, ambos por evidentes puxões de camisola, e Rafael Miranda também poderia ter visto o segundo cartão amarelo.

Já eram os azuis e brancos que carregavam sobre o adversário na primeira parte, mas a reação à desvantagem foi demolidora depois do intervalo. A velocidade e intensidade postas em campo aumentaram e, logo aos 49 minutos, Aboubakar só viu o golo fugir devido a uma extraordinária defesa de Douglas.

Seria o ensaio para o que viria a seguir, porque os Dragões dariam a volta ao resultado em apenas cinco minutos: Aboubakar, servido por Corona, fez o empate aos 57 e Brahimi, aos 62, fez o 2-1, num lance genial, em que ultrapassou Jubal e picou a bola sobre Douglas. O Dragão ficou em delírio e o FC Porto passou então a dar prioridade ao controlo do jogo, mas o marcador não ficaria por aqui.

Marega, primeiro servido pelo suplente Hernâni e depois por Ricardo, bisou e só não se registou mais uma goleada no livro de estatísticas porque Heldon reduziu para 4-2, já o encontro estava quase no fim. Nada que estragasse a festa: com 45 pontos – os mesmos somados à 17.ª ronda de 2012/13, no último título de campeão –, o FC Porto continua com mais dois do que o Sporting, segundo, e com os olhos postos em chegar primeiro à meta.

Voltar ao Topo
FC Porto-Vitória de Guimarães (Liga NOS, 17.ª jornada)
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
08-01-2018

Brahimi: “Estamos orgulhosos da nossa equipa”

Avançado argelino foi o MVP do triunfo frente ao Vitória de Guimarães (4-2), na 17.ª jornada da Liga NOS​​​​​​​​​

Ver mais
07-01-2018

Regresso ao trabalho esta segunda-feira

​Arranca a preparação para o jogo com o Moreirense, dos quartos de final da Taça de Portugal

Ver mais
07-01-2018

Ricardo e Hernâni destacaram forte segunda parte

​Defesa e avançado enalteceram a resposta da equipa à desvantagem no marcador

Ver mais
07-01-2018

Sérgio Conceição: “Não é fácil derrubar esta equipa”

Treinador destacou o nível exibicional da sua equipa, em especial na segunda parte

Ver mais
07-01-2018

Óliver: “Todos nos sentimos importantes”

​Médio espanhol foi titular e cumpriu os 90 minutos frente ao Vitória de Guimarães (4-2)

Ver mais
07-01-2018

Este Dragão também sabe dar a volta

​Vitória por 4-2 sobre o Vitória de Guimarães, no fecho da primeira parte da Liga, garante manutenção do primeiro lugar

Ver mais
Fechar