PT | EN | ES

1  Casillas

2  Maxi Pereira

4  Boly

5  Marcano

13  Alex Telles

20  André André (44')

16  Herrera (c) 

25  Otávio

17  Corona 

29  Soares 

8  Brahimi 


Suplentes

12  José Sá

6  Rúben Neves

10  André Silva 
(63' Soares)

19  Diogo Jota (60')
(46' Corona)

22  Danilo 
(63' Brahimi)

30  Óliver Torres

59  Rui Pedro


Treinador

Nuno Espírito Santo

dom, 14 maio 2017 • 18:00
Estádio: Dragão, Porto
Assistência: 25.416
FC Porto
33.ª jornada
FC Paços de Ferreira
435'  Herrera (c)  39'  Brahimi  (pen)47'  Diogo Jota  89'  André Silva  (pen)
131'  Andrézinho (c) 
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto)
Assistentes: Rui Lícino e Paulo Soares
4.º Árbitro: Vítor Ferreira
TV: Sport TV 1

86  Mário Felgueiras

6  Bruno Santos (38')

14  Gégé (67')

22  Miguel Vieira

8  Christian

29  Vasco Rocha

26  Filipe Melo 

20  Andrézinho (c) 

11  Diego Medeiros 

28  Luiz Phellype

91  Ricardo Valente


Suplentes

1  Rafael Defendi

9  Cícero

12  Pedrinho 
(66' Diego Medeiros)

15  Mateus

18  Taylor 
(74' Andrézinho)

19  Ricardo

36  André Sousa 
(83' Filipe Melo)


Treinador

Vasco Seabra

14-05-2017

Despedida do Dragão com reviravolta

​FC Porto bateu o Paços de Ferreira por 4-1, com golos de Herrera, Brahimi, Diogo Jota e André Silva


Num jogo em que as duas equipas já pouco tinham a ganhar, o FC Porto encerrou a época 2016/17, no que toca ao Estádio do Dragão, com uma vitória por 4-1 frente ao Paços de Ferreira. Em casa, os azuis e brancos apenas perderam esta temporada frente à Juventus, o que é curto consolo, e conseguiram nesta partida a quinta reviravolta na Liga NOS, em que o segundo lugar é a classificação final. Os visitantes, que entraram em campo com a permanência mais do que garantida, até marcaram primeiro, mas depois o FC Porto deu a volta ao resultado em apenas cinco minutos. A equipa entregou-se ao jogo, apesar das condicionantes já referidas, e a vitória foi indiscutível.

Com Maxi, Boly e Corona no onze, por troca com Fernando Fonseca, o castigado Felipe e Rúben Neves, o FC Porto começou dominador como se esperava, mas cedo o Paços de Ferreira mostrou que poderia criar perigo em contra-ataque, nomeadamente aos 14 minutos, quando Ricardo Valente, em boa posição, fez a bola passar ao lado da baliza de Casillas. Os visitantes chegariam mesmo ao golo aos 31 minutos, um minuto depois de Marcano obrigar Mário Felgueiras à defesa da tarde, após um canto: na sequência de um lance rápido, Andrézinho rematou fraco à baliza dos Dragões, ainda fora da área, mas a bola sofreu um desvio em Ricardo Valente e enganou Casillas.

Não estava em disputa nenhuma competição, mas o dever de vencer e de manter a integridade competitiva é inato a envergar a camisola do FC Porto. Por isso, a equipa reagiu rapidamente e deu a volta ao marcador em menos de cinco minutos. Aos 35, Herrera respondeu de cabeça a um cruzamento de Corona e, aos 39, foi a vez de Brahimi converter um penálti cometido sobre ele mesmo por Bruno Santos. Ao intervalo, o resultado era consentâneo com o futebol praticado pelas duas equipas.

Diogo Jota substituiu Corona ao intervalo e, com menos de um minuto em campo, o português surgiu sozinho na grande área, assistido por Herrera, e fez o 3-1. Os dois golos de vantagem deram conforto aos Dragões e, na única situação em que os pacenses se aproximaram da baliza azul e branca, Casillas esteve ao seu nível habitual. O jogo arrastou-se até final, com André Silva (terceiro melhor marcador da prova, com 16 golos) a fechar o marcador com a conversão de um penálti, aos 89 minutos, por falta de Christian sobre Diogo Jota. Pena é que, ao longo da temporada, situações muito mais evidentes do que esta não tenham sido apitadas. A época 2016/17 termina no próximo fim de semana, em Moreira de Cónegos, em partida com dia e hora ainda por definir.

Voltar ao Topo
FC Porto-Paços de Ferreira (Liga NOS, 33.ª jornada)
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
15-05-2017

Otávio: “Temos que lutar pelo clube”

​Médio brasileiro foi o MVP no triunfo expressivo do FC Porto frente ao Paços de Ferreira (4-1)

Ver mais
14-05-2017

Nuno: “Demonstração de orgulho e união por parte da equipa”

​Treinador teceu elogios à atitude e ao trabalho dos jogadores no jogo frente ao Paços de Ferreira (4-1)​

Ver mais
14-05-2017

Regresso ao trabalho na quarta-feira

Plantel tem dois dias de folga antes de começar a preparar o último jogo da Liga, frente ao Moreirense

Ver mais
14-05-2017

Brahimi: “Temos de acabar a temporada da melhor maneira possível”

​Avançado argelino marcou de grande penalidade na goleada ao Paços de Ferreira (4-1)

Ver mais
14-05-2017

Despedida do Dragão com reviravolta

​FC Porto bateu o Paços de Ferreira por 4-1, com golos de Herrera, Brahimi, Diogo Jota e André Silva

Ver mais
14-05-2017

Herrera: “A resposta dos adeptos foi muito positiva”

Médio mexicano elogiou ambiente do Dragão no último jogo da época em casa​​​

Ver mais
Fechar