PT | EN | ES

92  Matheus

15  Baiano (11')

44  Artur Jorge (90+3')

24  Ricardo Ferreira

16  Djavan

5  Battaglia

35  Vukcevic (81')

84  Gamboa

23  Pedro Santos (c)

11  Cartabia (58')

17  Rui Fonte (43')


Suplentes

76  Tiago Sá

2  Velázquez

13  Rodrigo Pinho 
(84' Vukcevic)

21  Ricardo Horta 
(69' Pedro Santos)

30  Alan 
(76' Cartabia)

78  Xadas

87  Marcelo Goiano


Treinador

Jorge Simão

sáb, 15 abril 2017 • 20:30
Estádio: Municipal de Braga
Assistência: 21.106 espetadores
Sporting de Braga
29.ª jornada
FC Porto
16'  Pedro Santos (c)
162'  Soares 
Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa)
Assistentes: Ricardo Jorge Santos e Nuno Roque
4.º Árbitro: Tiago Antunes
TV: Sport TV 1

1  Casillas

2  Maxi

5  Marcano (c)

28  Felipe (2')

13  Alex Telles

22  Danilo 

20  André André 

30  Óliver 

8  Brahimi (89')

9  André Silva (81')

29  Soares (88')


Suplentes

12  José Sá

4  Boly

6  Rúben Neves

16  Herrera 
(83' André André)

17  Corona 
(55' Óliver)

19  Diogo Jota

25  Otávio (90+4')
(83' Brahimi)


Treinador

Nuno Espírito Santo

15-04-2017

Empate em Braga atrasa Dragões na luta pelo título

Golo de Soares valeu um ponto no jogo da 29.ª jornada da Liga NOS (1-1)​


O FC Porto não foi além de um empate (1-1), este sábado, em casa do Sporting de Braga, na 29.ª jornada da Liga NOS, e atrasou-se na corrida pelo primeiro lugar, que agora passa a mirar a três pontos de distância. Os bracarenses adiantaram-se no marcador bem cedo, por intermédio de Pedro Santos (6m), tendo o empate surgido graças a Soares (62m). Os Dragões dominaram a segunda parte de um jogo durante o qual tiveram que lidar com a excessiva agressividade do adversário e com um critério disciplinar por parte da equipa de arbitragem que os prejudicou, sobretudo no primeiro tempo. De referir ainda um lance em que Soares parece ter sido tocado dentro da área por um defesa minhoto.

Era o encontro cabeça de cartaz do fim de semana no Municipal bracarense, onde se defrontavam o segundo e o quarto classificados, separados até então por dez pontos, unidos pelo facto de atravessarem o melhor momento da temporada. Os arsenalistas, sem perder há quatro jogos, recebiam os Dragões, há 25 jogos invictos no campeonato, e com Marcano de regresso ao onze, depois de ter cumprido uma partida de suspensão na receção ao Belenenses (3-0).

Foi a única alteração de Nuno Espírito Santo que, do banco, viu o Braga entrar melhor, impor uma pressão alta e a causar alguns problemas à defensiva portista, que começou por sentir dificuldades em parar Cartabia. Foi, aliás, dos pés do hispano-argentino que a bola saiu cruzada para Pedro Santos que, de cabeça, abriu o marcador no primeiro remate à baliza da noite amena na Pedreira (6m).

O golo madrugador condicionou o FC Porto, que demorou a impor o seu jogo, à custa de algumas perdas de bola que permitiram transições rápidas ao adversário e que conseguiu chegar pela primeira vez com perigo à baliza de Matheus quando Soares, depois de passar por dois defesas, não deu a melhor sequência à jogada (22m). O avançado brasileiro voltaria a ser protagonista do lance seguinte: já dentro da área, preparava-se para rematar quando foi tocado no pé por Ricardo Ferreira (25m). O árbitro Hugo Miguel não viu falta, ao contrário do que aconteceu já nos instantes finais da primeira parte, quando viu uma mão na bola de Óliver na área e assinalou uma grande penalidade que Pedro Santos não foi capaz de converter com êxito (45+2m).

Nesta fase, perante um adversário que procurava chegar à baliza de Casillas sobretudo através de ataques rápidos, os Dragões já mandavam na bola, circulavam-na com mais critério, o que lhes permitia encontrar mais espaços próximos da zona de finalização. Faltava, no entanto, decidir melhor as jogadas para ultrapassar a defesa dos arsenalistas, que ao longo de todo o jogo, recorreram constantemente à falta (31 faltas, no total) para travar o ataque portista, o que nem sempre mereceu a devida punição por parte do trio de arbitragem – não se percebe, por exemplo, que Pedro Santos tenha terminado o jogo sem ver um cartão amarelo.

O segundo tempo trouxe um FC Porto ainda com maior domínio das operações, mas com as mesmas dificuldades em colocar a bola em zonas de finalização. Nuno percebeu isso, trocou Óliver por Corona (55m) e a equipa encostou, definitivamente, o Braga à sua área. O internacional mexicano entrou e começou logo a causar estragos num cruzamento a que Brahimi, em excelente posição, não deu o melhor seguimento. Estava dado o aviso para o que viria acontecer minutos mais tarde: canto apontado por Alex Telles para o coração da área onde aparece Soares para, de cabeça, assinar o 20.º golo na temporada, o décimo com a camisola azul e branca.

O FC Porto estava claramente por cima – Casillas foi quase um mero espetador - e foi à procura do golo da vitória que esteve, por duas vezes, na cabeça de Danilo: na primeira, Matheus negou-lho com uma boa defesa; na segunda, isolado, rematou sem direção. No último lance de registo do encontro voltou a aparecer Hugo Miguel, que exibiu o cartão vermelho a Brahimi que, já no banco, protestava contra um cartão amarelo mostrado a Soares a punir uma falta inexistente do número 29 dos azuis e brancos.

Voltar ao Topo
Sporting de Braga-FC Porto (Liga NOS, 29.ª jornada)
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
15-04-2017

Soares lamentou golo sofrido muito cedo

​​Avançado reforçou a ideia de que a luta pelo título continua e que o grupo vai levantar a cabeça​

Ver mais
15-04-2017

Empate em Braga atrasa Dragões na luta pelo título

Golo de Soares valeu um ponto no jogo da 29.ª jornada da Liga NOS (1-1)​

Ver mais
15-04-2017

Nuno: “Não nos rendemos”

Técnico destacou atitude dos seus jogadores e garante que não desiste da luta pelo título​​​

Ver mais
15-04-2017

Dragões empatam em Braga

Terminou com igualdade a uma bola o jogo da 29.ª jornada da Liga NOS​​

Ver mais
15-04-2017

Marcano titular em Braga

C​entral espanhol de regresso ao onze do FC Porto que, a partir das 20h30, sobe ao relvado do Municipal bracarense​

Ver mais
15-04-2017

A primeira de seis finais

​FC Porto joga este sábado no terreno do Sporting de Braga na jornada 29 da Liga NOS​​

Ver mais
Fechar