PT | EN | ES

12  Bruno Varela (88')

22  André Geraldes

4  Fábio Cardoso

13  Vasco Fernandes (42')

21  Nuno Pinto (86')

6  Fábio Pacheco (c)

8  Nenê Bonilha 

11  João Costinha

24  João Amaral 

18  André Claro

17  Thiago Santana 


Suplentes

88  Pedro Trigueira

2  Pedro Pinto

7  Arnold Issoko 
(64' João Amaral)

10  Nuno Santos

19  Meyong

23  Vasco Costa 
(75' Thiago Santana)

44  Ryan Gauld 
(85' Nenê Bonilha)


Treinador

José Couceiro

sáb, 29 outubro 2016 • 18:15
Estádio: Bonfim, Setúbal
Vitória de Setúbal
9.ª jornada
FC Porto
0
0
Árbitro: João Pinheiro (Braga)
Assistentes: Nelson Moniz e Nuno Eiras
4.º Árbitro: Bruno Vieira
TV: Sport TV1

1  Casillas

21  Layún

28  Felipe

5  Marcano

13  Alex Telles

22  Danilo (56')

16  Herrera (c) 

25  Otávio (84')

30  Óliver Torres 

19  Diogo Jota 

10  André Silva


Suplentes

12  José Sá

2  Maxi Pereira

6  Rúben Neves (79')
(74' Óliver Torres)

8  Brahimi 
(74' Diogo Jota)

9  Depoitre

17  Corona 
(62' Herrera)

20  André André


Treinador

Nuno Espírito Santo

29-10-2016

Sado nulo

​Dragões tiveram muitas oportunidades, mas não conseguiram marcar em Setúbal. O primeiro lugar fica a cinco pontos


O FC Porto não foi além de um nulo, este sábado, no terreno do Vitória de Setúbal, em encontro da nona jornada da Liga NOS. O 0-0 impede os Dragões de conquistar a quinta vitória consecutiva e atrasa-os na luta pelo título: continuam a ser segundos, mas agora com cinco pontos de atraso em relação ao primeiro, o Benfica (precisamente o adversário na próxima ronda, domingo, às 18h00). O encontro foi claramente dominado pelos portistas, que tiveram várias oportunidades de golo (e um lance não assinalado de grande penalidade sobre Otávio, aos 84 minutos), mas não conseguiram o golo capaz de garantir o 18.º triunfo consecutivo no Estádio do Bonfim. Casillas foi pouco mais do que um espetador.

Com Otávio no onze por troca com Corona, tendo o jogo frente ao Arouca como comparação, o FC Porto entrou dominador, como se esperava. Porém, escassearam os lances de perigo nos primeiros minutos e o jogo foi muito disputado a meio-campo. Progressivamente, os Dragões foram forçando a equipa da casa a recuar e houve duas boas oportunidades, aos 25 e 29 minutos. Na primeira, Jota conduziu um contra-ataque, após canto a favor do Vitória, e serviu Óliver, que rematou contra as pernas de Bruno Varela; na segunda, Alex Telles cruzou para a cabeça de Jota, mas o remate saiu ao lado. Herrera também testou a pontaria, mas sem sucesso. Para pasmo geral, não houve nem um minuto de desconto antes do intervalo.

Os últimos 25 minutos da primeira parte já tinham sido de sufoco para os sadinos e a toada prolongou-se no segundo tempo, com três boas oportunidades nos primeiros dez minutos: André Silva e Jota remataram ao lado, aos 48 e 49, e, aos 54, Bruno Varela impediu de novo o golo com uma defesa por instinto a um cabeceamento de Jota, após grande trabalho de Otávio na esquerda. A verdade é que o nulo não desatava e Nuno Espírito Santo lançou Corona para o lugar de Herrera, desviando Otávio para uma posição mais central e aumentando o potencial criativo do meio-campo azul e branco.

Porém, a equipa da casa foi ganhando confiança e encontrou mais espaços no meio-campo portista para respirar e até rematar, mesmo sem criar complicações a Casillas. Nuno apercebeu-se das dificuldades e fez entrar um homem fresco para o ataque (Brahimi) e outro (Rúben Neves) para voltar a dominar a meio-campo. Foi isso que sucedeu até final, mas sem resultados práticos, a não ser a falta não assinalada de Vasco Fernandes sobre Otávio, na grande área setubalense. Há que pensar agora na Liga dos Campeões, que regressa com a receção ao Club Brugge, esta quarta-feira, às 19h45.

Voltar ao Topo
Vitória de Setúbal-FC Porto (Liga NOS, 9.ª jornada)
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
29-10-2016

Nuno: “Faltou eficácia”

Treinador lamentou um penálti não assinalado a favor do FC Porto, que “mudaria a história do jogo” frente ao Setúbal…

Ver mais
29-10-2016

Otávio: “Foi penálti claro”

​Brasileiro garantiu que foi tocado por Vasco Fernandes na área setubalense já na reta final do encontro

Ver mais
29-10-2016

Regresso ao trabalho este domingo

​Dragões iniciam preparação para a receção ao Club Brugge (quarta-feira, 19h45)​​​

Ver mais
29-10-2016

Sado nulo

​Dragões tiveram muitas oportunidades, mas não conseguiram marcar em Setúbal. O primeiro lugar fica a cinco pontos

Ver mais
29-10-2016

Dragões empatam em Setúbal

Jogo da nona jornada da Liga NOS terminou com um nulo

Ver mais
29-10-2016

Otávio entra no onze

​Brasileiro está na equipa inicial que joga no terreno do Vitória de Setúbal, para a 9.ª jornada da Liga NOS (18h15)

Ver mais
Fechar