PT | EN | ES
18-11-2017

Boa réplica ao líder da Liga alemã não evitou derrota

FC Porto perdeu por 27-30 frente ao Füchse Berlim, no Dragão Caixa, na 1.ª mão da 3.ª eliminatória da Taça EHF


O FC Porto deu uma boa réplica ao Füchse Berlim e liderou durante a maior parte do primeiro tempo, mas acabou por perder este sábado, por 27-30, no Dragão Caixa, em encontro da primeira mão da terceira eliminatória da Taça EHF. O adversário era uma equipa cheia de internacionais de grande nível, que atualmente lidera a Liga alemã (unanimemente considerada a melhor do Mundo), mas que teve de suar e de pôr em campo todas as suas armas para bater os portistas.

Ángel Hernández, com oito golos, e Miguel Martins, com seis, destacaram-se no ataque azul e branco, enquanto Hugo Laurentino teve momentos de brilhantismo na baliza, que ocupou quase a tempo inteiro, depois da lesão de Alfredo Quintana, logo aos cinco minutos, após um choque com Paul Drux.

O FC Porto entrou bem na partida, tendo liderado quase sempre o marcador até à entrada dos últimos dez minutos da primeira parte. Os Dragões surpreenderam os alemães com uma defesa agressiva e eficácia nos remates de primeira linha nomeadamente por parte de Ángel Hernández, que apontou três dos primeiros seis golos dos azuis e brancos. A vantagem chegou a ser de três golos.

Laurentino também entrou bem no jogo e teve uma série de defesas importantes, mas a verdade é que os alemães começaram a recuperar a partir de meados do primeiro tempo. Para tal muito contribui o facto de Petkovic ter ido buscar ao banco algumas das suas principais figuras, como o central Nenadic, e de Heinevetter, internacional alemão, ter fechado a baliza, defendendo inclusivamente dois livres de sete metros. O Füchse passou para a frente do marcador aos 24 minutos (10-11) e chegou ao intervalo na frente (12-14)

No segundo tempo, os alemães controlaram quase sempre o jogo, mas os Dragões ainda chegaram por quatro vezes ao empate: três logo depois do intervalo e uma (23-23) aos 44 minutos, na sequência de um parcial de 3-0. Porém, apesar dos esforços dos atiradores portistas e de Laurentino (três defesas em situações de um contra zero nos minutos finais), a verdade é que, quando necessário, as raposas (significado em alemão de füchse) aceleravam e conseguiam várias situações de contra-ataque.

Lindberg (11 golos) e Nenadic (seis) são jogadores de classe mundial, que levaram a sua equipa às costas e mostraram porque se trata o Füchse de um sério candidato a vencer a competição. A segunda mão e já na quinta-feira (18h30 de Portugal Continental, com transmissão em direto no Porto Canal) e a missão portista é, sem dúvida, muito complicada.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-FÜCHSE BERLIM, 27-30

Taça EHF, 3.ª eliminatória, 1.ª mão
18 de novembro de 2017
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Péter Herczeg e Péter Südi (Hungria)

FC PORTO: Alfredo Quintana e Hugo Laurentino (g.r.); António Areia (3), Ángel Hernández (8), Daymaro Salina, Victor Iturriza (2), Miguel Martins (6), Diogo Branquinho (2),Nikola Spelic, Yoel Cuni Morales (1), Rui Silva (1), José Carrillo (2), Aleksander Spende (2), Jonas Alves, Felipe Santaela e Miguel Alves
Treinador: Lars Walther

FÜCHSE BERLIM: Silvio Heinevetter e Petr Stochl (g.r.); Bjarki Elisson (3), Drago Vukovic, Kevin Struck,Jakov Gojun, Paul Drux (2), Steffen Fäth (1), Petar Nenadic (6), Marko Kopljar (3),Hans Lindberg (11), Erik Schmidt (3) e Mattias Zachrisson (1)
Treinador: Velimir Petkovic

Ao intervalo: 12-14

Disciplina: desqualificação para Jakov Gojun (9m)

VÍDEOS FOTOS
FC Porto-Füchse Berlim (Taça EHF, 3.ª ronda de qualificação, 1.ª mão)
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Notícias Relacionadas
14-01-2018

Andebol: Seleção no playoff do Mundial com a ajuda de quatro Dragões

A seleção nacional de andebol garantiu o apuramento para o playoff de acesso ao Campeonato do Mundo de 2019,​ depois de…

Ver mais
13-01-2018

Cinco golos de Miguel Martins ajudam Portugal a vencer o Kosovo

​​Miguel Martins contribuiu com cinco golos para a vitória expressiva da seleção nacional de andebol sobre o Kosovo…

Ver mais
01-01-2018

Ricardo Moreira: “Quero ganhar o dobro do que ganhei como jogador”

​Nasceu no seio de uma família de desportistas e de portistas – o tio paterno, José Moreira, é uma lenda do voleibol do…

Ver mais
Fechar