PT | EN | ES
18-11-2017

Ricardo Moreira foi homenageado e viveu um “dia especial”

Ex-capitão do andebol recebeu uma camisola assinada por Pinto da Costa antes do início do jogo com o Füchse Berlim


Ricardo Moreira foi homenageado este sábado, antes do início do jogo entre o FC Porto e o Füchse Berlim, a contar para a Taça EHF, no Dragão Caixa. O antigo capitão da equipa de andebol, que trocou esta época a carreira de jogador pela de treinador (nas equipas B e de juniores azuis e brancas), recebeu várias ofertas, entre as quais uma camisola azul e branca, assinada por Jorge Nuno Pinto da Costa.

O antigo ponta-direita foi ainda presenteado com uma camisola da seleção portuguesa e uma braçadeira de capitão (um acessório que já não faz parte da modalidade) com o seu número, oferecida pelo guarda-redes e ex-colega Hugo Laurentino. Para além do presidente, estiverem presentes no recinto de jogo, por parte do FC Porto, o vice-presidente Adelino Caldeira, o diretor António Borges e Manuel Arezes, também um ex-companheiro de equipa.

“É um dia especial, diferente. Não esperava nada disto que o clube vai fazer. Espero que se possa repetir com muitos outros atletas como eu, que dedicaram a vida ao clube e que serviram o FC Porto com a mesma alegria e motivação que eu senti”, afirmou Ricardo Moreira, minutos antes deste momento, ao Porto Canal.

Ricardo Moreira é um dos melhores e mais titulados andebolistas de sempre do FC Porto, que recebeu o Dragão de Ouro de Atleta de Alta Competição referente a 2008/09. Chegou ao clube em 1997, após os primeiros anos de formação no CPN, de Ermesinde, e foi por sete vezes campeão nacional (entre 2008/09 e 2014/15), sendo um dos três atletas que estiveram presentes em todas as temporadas do hepta (os outros são Hugo Laurentino e Gilberto Duarte). Para além disso tem no palmarés duas Taças de Portugal (2005/06 e 2006/07), três Supertaças (2001/02, 2009/10 e 2014/15) e duas Taças da Liga (2004/05 e 2007/08).

No extensíssimo currículo de Ricardo Moreira, 100 vezes internacional por Portugal (60 das quais pela seleção principal), cabem ainda uma Taça de Portugal júnior (1999/00) um Torneio das quatro Nações, no escalão de Sub-20 (2002), e participações na fase de grupos da Liga dos Campeões e Taça EHF. Individualmente, foi considerado o melhor jogador do Campeonato Nacional em 2009/10 e foi o melhor marcador em 2010/11.

Homenagem a Ricardo Moreira
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Facebook Twitter Pinterest Share
Notícias Relacionadas
13-01-2018

Cinco golos de Miguel Martins ajudam Portugal a vencer o Kosovo

​​Miguel Martins contribuiu com cinco golos para a vitória expressiva da seleção nacional de andebol sobre o Kosovo…

Ver mais
01-01-2018

Ricardo Moreira: “Quero ganhar o dobro do que ganhei como jogador”

​Nasceu no seio de uma família de desportistas e de portistas – o tio paterno, José Moreira, é uma lenda do voleibol do…

Ver mais
01-01-2018

O que nos espera em 2018

​No dia em que se inicia 2018, há um denominador comum em tudo o que é equipa do FC Porto: os títulos nacionais. No…

Ver mais
Fechar