PT | EN | ES
19-06-2016

Dragões conquistam Taça de Portugal

Triunfo sobre o Benfica (4-2), em Ponte de Lima, permitiu aos azuis e brancos levantar o troféu


O FC Porto Fidelidade bateu este domingo o Benfica (4-2), no Pavilhão Municipal de Ponte de Lima, conquistando assim a Taça de Portugal de hóquei em patins, a 15.ª do pecúlio portista na modalidade.

O clássico maior do hóquei em patins nacional teve quase de tudo na primeira parte, na qual também não faltou uma dose considerável de intensidade, ainda que não se possa dizer o mesmo de oportunidades de golo. Na primeira mais flagrante, Edo Bosch levou a melhor sobre Marc Torra e travou a grande penalidade cobrada pelo compatriota (17m). No minuto seguinte, Hélder Nunes abriu o ativo na sequência de um livre direto, fazendo o primeiro da tarde num movimento de pura de classe (18m). No caminho para o intervalo, e já depois de um golo anulado a Carlos Nicolia por infração de um colega de equipa, Gonçalves Alves fez o segundo para os Dragões em superioridade numérica (3x2) e estabeleceu o 2-0 favorável aos portistas à ida para o descanso (24m).

O início da etapa complementar não acrescentou grandes coisas ao clássico, sobretudo no que diz respeito aos golos e muito por culpa dos guarda-redes. Primeiro foi Edo Bosch a defender um livre direto de Marc Torra (33m), seguindo-se Guillem Trabal a não permitir o golo a Hélder Nunes também num livre direto (34m). Pouco depois, o guardião encarnado nada pôde fazer para travar o bis do defesa/médio portista (43m), que parecia decidir o encontro. Miguel Rocha marcou por duas vezes para o Benfica (47m e 49m) e relançou o jogo, mas este ficou decidido logo de seguida com mais um golo de Gonçalo Alves, também ele a bisar de livre direto (49m). Foi o ponto de exclamação na vitória do FC Porto Fidelidade, que assim conquistou a 15.ª Taça de Portugal de hóquei em patins da sua história. Resta dizer que, no seu último jogo de Dragão ao peito, Edo Bosch foi o mesmo de sempre: gigante.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-BENFICA, 4-2
Taça de Portugal, final
19 de junho de 2016
Pavilhão Municipal de Ponte de Lima

Árbitros: Joaquim Pinto (Aveiro) e Miguel Guilherme (Lisboa)

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r, cap.), Reinaldo Garcia, Hélder Nunes, Gonçalo Alves e Vítor Hugo
Jogaram ainda: Rafa, Telmo Pinto e Jorge Silva
Treinador: Guillem Cabestany

BENFICA: Guillem Trabal (g.r.); Valter Neves (cap.), Tiago Rafael, Marc Torra e João Rodrigues
Jogaram ainda: Pedro Henriques (g.r.), Carlos Nicolia, Jordi Adroher, Diogo Rafael e Miguel Rocha
Treinador: Pedro Nunes

Ao intervalo: 2-0
Marcadores: Hélder Nunes (18m e 43m), Gonçalo Alves (24m e 49m), Miguel Rocha (47m e 49m)
Disciplina: cartão azul a Jorge Silva (22m), Guillem Trabal (22m) e Carlos Nicolia (22m)

Notícias Relacionadas
26-06-2017

Pinto da Costa: “Ficam na história do FC Porto”

Menos de 24 horas depois de ter sido conquistada pelo FC Porto Fidelidade com uma vitória por 5-1 sobre o SC Tomar​, a…

Ver mais
11-07-2016

Dragões conquistam título de hóquei em patins de Sub-15

​​A equipa de Sub-15 do FC Porto/Dragon Force sagrou-se no último sábado campeã nacional de hóquei em patins, depois de…

Ver mais
21-06-2016

​​“Jogar aqui foi um sonho que durou muito tempo”

O guarda-redes avisou logo de início: esta era a entrevista “mais difícil” da carreira, porque tinha como pano de fundo…

Ver mais
Fechar