FCP logo
0

Azuis e brancos venceram o Hoffenheim por 3-0 nas meias-finais da prova e alcançaram a final pela primeira vez na história. Segue-se o Chelsea no jogo da decisão

O FC Porto bateu esta sexta-feira o Hoffenheim por 3-0 e garantiu, pela primeira vez na história, um lugar na final da Youth League. Romário Baró, Fábio Silva e Tiago Matos marcaram os golos dos portistas, que estiveram sempre no controlo do jogo.

Conscientes da importância do encontro, as duas equipas iniciaram a partida com receio de arriscar. O controlo da posse de bola caiu nas pernas dos azuis e brancos, que procuraram intrometer-se entre as linhas defensivas do adversário, ainda que com pouco sucesso.

Só a partir da primeira meia hora de jogo é que os Dragões começaram a criar perigo e, aos 39 minutos, acabariam por abrir o marcador, através de um livre direto, executado na perfeição por Romário Baró.

O golo deu confiança ao FC Porto, que assumiu o controlo do jogo na segunda parte, fixando-se no meio campo adversário e criando oportunidades. Romário Baró e Fábio Silva tentaram ampliar a vantagem ainda antes dos 60 minutos e o médio ainda acertou na barra aos 72, mas só à entrada dos últimos dez minutos é que os portistas começaram a desenhar o resultado final.

Acabado de entrar, Vítor Ferreira descobriu Fábio Silva (78min) com um excelente passe e, na cara do guarda-redes, o avançado não perdoou. Na oportunidade seguinte, Tiago Matos sentenciou o resultado final (88min), ao completar uma excelente jogada coletiva.

Os Dragões disputam a final da Youth League na segunda-feira (17h00, Porto Canal) e terão pela frente o Chelsea, que eliminou o Barcelona na lotaria das grandes penalidades.

FICHA DE JOGO

HOFFENHEIM-FC PORTO, 0-3 
UEFA Youth League, meias-finais
26 de abril de 2019
Colovray Sports Centre, em Nyon

Árbitro: Irfan Peljto (Bósnia e Herzegovina)
Assistentes: Senad Ibrisimbegović e Davor Beljo
Quarto árbitro: Admir Šehović

HOFFENHEIM: Daniel Klein (g.r.), Alexander Nitzl, Benjamin Wallquist, Melayro Bogarde, Luis Gorlich, Amadou Onana, Ilay Elmkies, Samuel Lengle, David Otto, Domenico Alberico e Filip Stojilkovic
Substituições: Melayro Bogarde por Marco John (66min); Amadou Onana por Benedikt Landwehr (73min); Domenico Alberico por Tim Linsbichler (79min) e Alexander Nitz por Joshua Kebler (79min)
Não utilizados: Luca Philipp (g.r.), Laurin Curda e Amid Khan Agha
Treinador: Marcel Rapp

FC PORTO: Francisco Meixedo (g.r.), Tomás Esteves, Diogo Queirós, Diogo Leite, Tiago Lopes, Mor Ndiaye, Fábio Vieira, Romário Baró, Ángel Yesid, João Mário e Fábio Silva
Substituições: João Mário por Afonso Sousa (67min); Fábio Vieira por Vítor Ferreira (77min); Romário Baró por Gonçalo Borges (81min) e Tiago Esteves por Tiago Matos (82min)
Não utilizados: Carlos Peixoto (g.r.), Pedro Justiniano e Taddeus Nkeng
Treinador: Mário Silva

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Romário Baró (39min), Fábio Silva (78min) e Tiago Matos (88min)

Disciplina: Cartão amarelo para Samuel Lengle (38m), Mor Ndiaye (45min), Luis Gorlich (70min) e Fábio Silva (80min)


    bilhetes

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.