FCP logo
0

Equipa B do FC Porto empatou na recepção ao Estoril (1-1), relativa à 22.ª jornada da LigaPro

Terminou empatada, a uma bola, a partida entre FC Porto B e Estoril, disputada esta tarde em Vila Nova de Gaia. É a sexta jornada consecutiva da formação de Rui Barros sem averbar uma derrota, novamente frente a um adversário do topo da tabela. Os azuis e brancos mantêm a sua posição intermédia na classificação, enquanto o emblema da linha perdeu uma oportunidade para chegar ao pódio e tem o quarto lugar em risco. Durante os noventa minutos, foram os tripeiros quem criou mais perigo, mas os golos apenas surgiram em erros individuais.

O sol que incidia sobre Pedroso não fez aquecer um início de jogo morno. Foi preciso esperar até ao quarto de hora para aparecer a primeira oportunidade de golo, favorável aos da linha. De cabeça, Lucas desvia canto na direita do seu ataque para o poste mais distante. Foi um presságio para o que viria a surgir dez minutos depois, quando Roberto intercepta um atraso falhado de Mor Ndiaye e, no frente a frente com Ricardo Silva, não vacila na hora de fazer o golo. A perder 1-0, os jovens Dragões sentiram que era hora de partir para cima do Estoril. Aos 36 minutos, após ser assinalada falta a favor do FC Porto, Tembeng provoca Fábio Vieira e vê amarelo. Espicaçado, o internacional jovem português cobrou o livre lateral em força e contou com a preciosa ajuda do próprio Tembeng, que provar do seu veneno e acabou por desviar a bola para a própria baliza. O jogo chegou empatado (1-1) ao intervalo, com os azuis e brancos a saírem por cima para as cabines.

Na segunda etapa, o Estoril até entrou melhor, contudo a toada do encontro manteve-se. O FC Porto criou mais perigo e Rodrigo Valente dividiu o protagonismo com David Silva. Aos 55 minutos, o médio de 19 anos é alvo de uma carga nas costas dentro da área estorilista, porém o juiz da partida mandou seguir o lance. Meia dúzia de minutos depois, foi a vez de Fábio Vieira sofrer uma falta no limite da área que o árbitro da AF Porto não assinalou. Aos 70', a grande oportunidade do encontro: um remate na recarga, de Rodrigo Valente, obriga Daniel Figueira à defesa da tarde. O jogo caminhou para o fim sem grandes incidências nas duas balizas e fechou com a divisão de pontos.

Os "bês" azuis e brancos voltam a jogar no primeiro dia de março (domingo), às 15h00, contra a Oliveirense.

FICHA DE JOGO
FC PORTO B-ESTORIL, 1-1
LigaPro, 22.ª jornada
22 de fevereiro de 2020
Estádio do Pedroso, Vila Nova de Gaia

Árbitro: David Silva
Assistentes: Rui Eiras e Rui Amaral
Quarto árbitro: Carlos Campos

FC PORTO B: Ricardo Silva; Musa Yahaya, Nahuel Ferraresi, Gonçalo Brandão, Luís Mata (cap.); Mor Ndiaye, Rodrigo Valente, Fábio Vieira; Afonso Sousa, João Mário e Fábio Silva
Substituições: Afonso Sousa por Madi Queta (61m), Fábio Silva por Taddeus Nkeng (84m) e João Mário por Boris Enow (87m)
Não utilizados: Ivan Cardoso, Pedro Justiniano, Diogo Bessa e Ángel Torres
Treinador: Rui Barros

ESTORIL PRAIA: Daniel Figueira; João Diogo, Lucas, Lucas Áfrico, Joãozinho; Tembeng, Miguel Crespo, Daniel Bragança; Chiquinho, Rafael Barbosa e Roberto
Substituições: Miguel Crespo por Juninho (58m), Chiquinho por Pineda (68m) e Roberto por Careca (75m)
Não utilizados: Stojkovic, Gonçalo Santos, Marcos Valente e Lucas Marques
Treinador: Pedro Duarte

Ao intervalo: 1-1

Marcadores: Roberto (17m) e Tembeng (36m, p.b.)
Disciplina: Cartão amarelo a Chiquinho (23m), Tembeng (34m), Joãozinho (39m), Musa Yahaya (41m), Miguel Crespo (45m) e Mor Ndiaye (78m)

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.