FCP logo
0

Golo do central congolês deu a vitória em Paços de Ferreira (1-0) e o FC Porto tem agora seis pontos de vantagem sobre o Benfica

O FC Porto venceu esta segunda-feira o Paços de Ferreira (1-0), no Estádio Capital do Móvel, em partida referente à 29.ª jornada da Liga NOS. Um golo de Mbemba, logo aos sete minutos, permitiu aos Dragões reforçar a liderança do campeonato, com 70 pontos, mais seis do que o Benfica, segundo classificado.

Com Wilson Manafá, Danilo e Matheus Uribe como novidades no onze inicial, o FC Porto protagonizou uma entrada muito forte e demorou apenas sete minutos a abrir o ativo no Estádio Capital do Móvel: Alex Telles cobrou o canto no lado direito do ataque portista, Ricardo Ribeiro aliviou a bola para o coração da área e Mbemba não perdoou a oferta do guarda-redes pacense. O central congolês estava no sítio certo e apontou o segundo golo da conta pessoal no campeonato, dando uma vantagem madrugadora aos Dragões. A partir dos 20 minutos, o Paços de Ferreira conseguiu sacudir a pressão azul e branca e ameaçou o empate por Pedrinho (29m) e Hélder Ferreira (34m), mas ambos os lances estiveram longe de ser verdadeiras oportunidades de golo.

Ao intervalo, o 1-0 favorável ao FC Porto representava bem o ascendente dos Dragões ao longo do primeiro tempo. A primeira grande oportunidade da etapa complementar pertenceu ao Paços de Ferreira, com Luiz Carlos a cabecear ligeiramente ao lado do poste esquerdo da baliza de Marchesín (49m). Pouco depois, Luís Godinho perdoou o segundo cartão amarelo e consequente vermelho a Hélder Ferreira (55m), antes de Soares testar os reflexos de Ricardo Ribeiro (59m). Numa altura de parada e resposta, Luiz Carlos voltou a ser protagonista na área do FC Porto, mas Marchesín estava atento (66m). Do outro lado, Luis Díaz ficou caprichosamente na cara de Ricardo Ribeiro, mas desperdiçou uma oportunidade soberana para sentenciar o encontro (76m).

Até ao apito final de Luís Godinho, destaque para o remate de Jorge Silva que obrigou Marchesín a aplicar-se (85m) e para o contra-ataque conduzido por Vítor Ferreira que quase terminou em autogolo de Oleg (89m). Vitória difícil mas muito importante do FC Porto, que pelo quarto jogo consecutivo não sofreu golos. Segue-se o Belenenses, no Estádio do Dragão (domingo, 5 de julho, 21h30, Sport TV).

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.