FCP logo
0

Antigo avançado do FC Porto faleceu em 2020 aos 71 anos

O Dragão de Ouro Recordação do Ano vai para Arsénio Rodrigues Jardim, antigo avançado que se deu a conhecer ao mundo do futebol como Seninho e que faleceu em 2020 aos 71 anos. Seninho chegou ao FC Porto em agosto de 1969, mas em 1972 foi obrigado a regressar a Angola para cumprir serviço militar, ainda que se tenha sagrado campeão pelo FC Moxico. De regresso a Portugal e ao FC Porto em 1974, o avançado ajudou os Dragões a conquistar a Taça de Portugal em 1976/77.

Na época seguinte (1977/78), Seninho fez parte da equipa do FC Porto que se sagrou campeã nacional e que colocou um ponto final num jejum de 19 anos sem a conquista do título. Marcou por cinco vezes em 28 jogos de Dragão ao peito no campeonato dessa temporada, mas nunca é demais relembrar os dois golos decisivos que marcou em Old Trafford, frente ao Manchester United, e que permitiram ao FC Porto seguir em frente na Taça dos Vencedores das Taças. Depois de brilhar no FC Porto, Seninho foi contratado pelo New York Cosmos e juntou-se a Pelé, Beckenbauer, Cruyff e Carlos Alberto nos Estados Unidos.

O Dragão de Ouro Recordação do Ano foi entregue por Jorge Nuno Pinto da Costa à mulher e à filha de Seninho.

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.