FCP logo
0

O FC Porto chegou ao intervalo em vantagem, mas foi o PSG a vencer na sétima jornada do Grupo A da Liga dos Campeões (34-31)

O FC Porto perdeu nesta quarta-feira diante do PSG (34-31), no Dragão Arena, em partida a contar para a sétima jornada do Grupo A da Liga dos Campeões. Com este resultado, os azuis e brancos mantêm os seis pontos somados até esta ronda.

Foi uma primeira parte de luxo aquela que o FC Porto protagonizou perante o riquíssimo e poderoso PSG. Com Alfredo Quintana a ser um verdadeiro gigante na retaguarda de uma defesa intensa e agressiva, os Dragões estiveram quase sempre na frente do marcador ao longo dos primeiros 30 minutos, que terminaram com vantagem portista por 16-12. Em jeito de curiosidade, importa referir que os dez primeiros golos do FC Porto foram marcados por dez jogadores diferentes, algo que diz muito sobre o sentido coletivo da equipa comandada por Magnus Andersson.

O descanso acabou por fazer melhor ao PSG, que reentrou com o gás todo em contraste com o FC Porto, que passou a sentir mais dificuldades para travar os ataques da equipa francesa. À entrada para os derradeiros dez minutos, a vantagem portista que se registava ao intervalo transformou-se numa desvantagem de três golos (26-23). A formação gaulesa não mais perdeu a liderança do marcador e acabou mesmo por vencer no Dragão Arena, impondo a terceira derrota ao FC Porto na Liga dos Campeões. Diogo Branquinho e Diogo Silva, ambos com quatro golos, foram os melhores marcadores portistas.

“Hoje não foi o nosso dia. Cometemos muitos erros, sobretudo na segunda parte, e estou desapontado por isso, mas temos de perceber que jogámos contra uma equipa fantástica. Qualquer pequeno erro na defesa dá golo frente a jogadores desta qualidade, mas espero que possamos aprender com a derrota de hoje, sobretudo com a segunda parte que fizemos. Sabemos que podemos vencer qualquer equipa, mas também podemos perder contra qualquer equipa se não jogarmos bem o suficiente”, afirmou Magnus Andersson após a partida.

Os azuis e brancos voltam a entrar em campo no próximo sábado (11h00, FC Porto TV/Porto Canal), no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, frente ao Sporting, em jogo da 11.ª jornada do Andebol 1.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-PSG, 31-34
Liga dos Campeões, Grupo A, 7.ª jornada
18 de novembro de 2020
Dragão Arena

Árbitros: Bojan Lah e David Sok (Eslovénia)

FC PORTO: Alfredo Quintana (2) e Nikola Mitrevski (g.r.); Victor Iturriza (3), Manuel Spath, Miguel Martins (3), Djibril M'Bengue, Rui Silva (2), Daymaro Salina (1), Ivan Sliskovic (3), Diogo Branquinho (4), Diogo Silva (4), António Areia (2), André Gomes (3), Miguel Alves, Leonel Fernandes (2) e Fábio Magalhães (2)
Treinador: Magnus Andersson

PSG: Yann Genty e Vincent Gerard (1) (g.r.); Mikkel Hansen (9), Luka Karabatic (6), Mathieu Grebille (2), Dainis Kristopans (1), Henrik Toft Hansen (2), Ferran Sole Sala (1), Nedim Remili (2), Benoit Kounkoud (4), Dylan Nahi (4), Elohim Prandi (2), Adama Keita e Sadou Ntanzi
Treinador: Raul Gonzalez Gutierrez

Ao intervalo: 16-12

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.