FCP logo
0

Equipa portista foi a Lisboa vencer o Boa Hora, por 35-24, nos 16 avos de final da prova

O FC Porto está nos oitavos de final da Taça de Portugal depois de bater nesta quarta-feira o Boa Hora (35-24), em Lisboa, em jogo dos 16 avos de final da prova.

A formação lisboeta criou algumas dificuldades nos minutos iniciais, mas assim que o FC Porto aumentou a intensidade nos dois lados do campo, rapidamente fugiu no marcador. Com Diogo Branquinho (6 golos) e Miguel Alves (5 golos) particularmente inspirados, o jogo foi para intervalo com os Dragões a vencer por 18-13.

A superioridade portista continuou a ser uma constante na etapa complementar e não houve qualquer espaço para surpresas em Lisboa. O coletivo comandado por Magnus Andersson manteve a seriedade nos segundos 30 minutos e segue naturalmente em frente na Taça de Portugal. Diogo Branquinho (8 golos) e Miguel Alves (6 golos) cotaram-se mesmo como os melhores marcadores do FC Porto frente ao Boa Hora.

“Talvez não tenhamos feito o nosso melhor jogo, mas também não foi fácil. São jogos constantes e também temos de trabalhar a parte do foco e da concentração. O mais importante é que vencemos, com jogadores em bom plano e outros que puderam descansar. Creio que a parte física não é um problema, é mais a parte da concentração pois são muitos jogos”, afirmou o treinador Magnus Andersson após a partida.

Os azuis e brancos voltam a entrar em campo na próxima segunda-feira (20h00, FC Porto TV/Porto Canal), no Pavilhão do Águas Santas, frente ao Águas Santas, em jogo da 13.ª jornada do Andebol 1.

FICHA DE JOGO

BOA HORA-FC PORTO, 24-35
Taça de Portugal, 16 avos de final
2 de dezembro de 2020
Pavilhão Fernando Tavares, em Lisboa

Árbitros: Francisco Remígio e Fábio Gonçalves

BOA HORA: Bruno Lima e Miguel Santos (g.r.); Romário Dias, Daniel Neves (6), Miguel Gonçalo, Rafael Paulo, Paulo Cândido (8), Nuno Pinto, João Reis, Fernando Dias, Diogo Alves (1), Pedro Pinto (2), Benjamin Leiva, Tomás Rodrigues (2), Joaquim Nazaré (5) e Tiago Costa
Treinador: Nuno Alvarez

FC PORTO: Alfredo Quintana e Nikola Mitrevski (g.r.); Manuel Spath (4), Miguel Martins, Djibril M'Bengue (2), Rui Silva, Daymaro Salina (1), Ivan Sliskovic (3), Leonel Fernandes, Diogo Branquinho (8), Diogo Silva (3), António Areia (1), André Gomes (1), Miguel Alves (6), Martim Costa (3) e Fábio Magalhães (3)
Treinador: Magnus Andersson

Ao intervalo: 13-18

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.