FCP logo
0

FC Porto reforçou o primeiro lugar do Nacional de hóquei em patins ao golear a Oliveirense (8-2) no Dragão Arena

O FC Porto recebeu e venceu nesta quarta-feira a Oliveirense (8-2), no Dragão Arena, em jogo em atraso da 13.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Com este resultado e a três rondas do fim da fase regular da prova, os Dragões passam a ser líderes isolados com 57 pontos, mais três do que o Óquei de Barcelos.

A primeira parte terminou com vantagem mínima para o FC Porto, graças a um golo madrugador de Carlo Di Benedetto a passe de Gonçalo Alves (5m), mas tal só aconteceu porque Nélson Filipe tapou praticamente todos os caminhos para a baliza da Oliveirense. O ex-Dragão foi, de resto, a grande figura dos 25 minutos iniciais, amplamente dominados pelos azuis e brancos.

Se a primeira parte pertenceu ao FC Porto, a segunda nem se fala. No espaço de apenas dez minutos, os Dragões transformaram uma vantagem mínima numa goleada que não deixa margem para qualquer dúvida. O destaque, como em tantas outras ocasiões, vai para Gonçalo Alves, autor de quatro golos em quatro minutos. A Oliveirense ainda reduziu os estragos, mas não impediu um triunfo categórico do coletivo portista, que protagonizou uma exibição de luxo.

“Houve muitos cartões azuis e a primeira parte foi uma autêntica confusão. Há muito tempo que não jogávamos tão mal como na primeira parte, mas falámos ao intervalo e na segunda parte encontrámos o nosso hóquei, além de termos sido mais eficazes. Passámos de um extremo ao outro e isso não é fácil a este nível, mas estou muito feliz pela forma como a equipa mudou para melhor da primeira para a segunda parte”, afirmou o treinador Guillem Cabestany após a partida.

O FC Porto volta a entrar em campo no próximo domingo, às 15h00 (A Bola TV), em São João da Madeira, frente à Sanjoanense, em jogo da 24.ª jornada do campeonato.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-OLIVEIRENSE, 8-2
Campeonato Nacional, 13.ª jornada
17 de março de 2021
Dragão Arena

Árbitros: Rui Torres e José Pinto

FC PORTO FIDELIDADE: Xavier Malián (g.r.), Reinaldo García (cap.), Xavier Barroso, Rafa e Gonçalo Alves
Suplentes: Tiago Rodrigues (g.r.), Poka, Ezequiel Mena, Giulio Cocco e Carlo Di Benedetto
Treinador: Guillem Cabestany

OLIVEIRENSE: Nélson Filipe (g.r.), Pedro Moreira, Henrique Magalhães, Jorge Silva e Marc Torra
Suplentes: Xavier Puigbi (g.r.), Jordi Bargalló (cap.), Lucas Martínez, Vítor Hugo e Franco Ferruccio
Treinador: Paulo Pereira

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: Carlo Di Benedetto (5m), Rafa (31m), Reinaldo García (34m), Gonçalo Alves (38m, 39m, 40m e 41m), Ezequiel Mena (41m), Marc Torra (42m), Franco Ferruccio (46m)

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.