FCP logo
0

FC Porto segue em frente na Taça de Portugal, depois de eliminar o ABC (34-22)

O FC Porto recebeu e venceu o ABC, em jogo a contar para os quartos de final da Taça de Portugal (34-22). Com esta vitória, os portistas apuraram-se para a final four da competição, em que já se encontram o Sporting e o Águas Santas, faltando apenas conhecer uma equipa, que sairá do embate entre Benfica e Sporting da Horta.

À semelhança do que anteviu António Areia, à partida para este jogo, o FC Porto entrou a toda a velocidade para decidir, desde cedo, o desfecho do marcador, no que era uma partida a eliminar. Os portistas entraram bem na partida, arrecadando dois golos de vantagem, mas não tardou a resposta do ABC que, num período de solidez defensiva e eficácia ofensiva, passou para a frente do jogo (3-2). A partir daqui, foram 12 golos sem resposta por parte do FC Porto, com os Dragões a mostrarem grande articulação e dinâmica defensivas, com destaque também para algumas intervenções de Márton Székely, e a partirem para ataques rápidos, de forma a criarem desequilíbrios a partir da transição defensiva bracarense. Foi após 15 minutos sem qualquer golo, já com a equipa do FC Porto remodelada, que o ABC chegou ao quarto golo, ao 22.º minuto da primeira parte. Os bracarenses ainda trocaram, durante a etapa inaugural, o sistema defensivo, tendo substituído o seis-zero inicial por um cinco-um, mas a primeira parte fechou com uma diferença de oito golos (16-8), esclarecedora das dificuldades ofensivas que o ABC enfrentou.

A etapa complementar manteve a toada da inaugural, com o FC Porto, já com Diogo Rema na baliza, a estabelecer um parcial de cinco golos a um nos minutos iniciais. Apesar de uma maior eficácia do ABC no ataque em relação à primeira parte, os azuis e brancos dilataram a vantagem no marcador e terminaram os 60 minutos com 12 golos de vantagem no placar (34-22).

“Estamos contentes, não foi um jogo ótimo, tivemos alguns problemas em focarmo-nos, mas ganhámos ao ABC e isso é o mais importante. Esta competição vale um título e faz parte dos nossos objetivos ser campeões e ganhar a Taça”, afirmou Magnus Andersson no final da partida. 

O FC Porto volta a entrar em campo no próximo sábado, frente ao Belenenses (19h00), em jogo a contar para a 24.ª jornada do Andebol 1.

FICHA DE JOGO

FC PORTO- ABC, 34-22

Taça de Portugal, quartos de final
21 de abril de 2021
Dragão Arena

Árbitros: Vânia Sá, Marta Sá

FC PORTO: Diogo Rema e Márton Székely (g.r.); Victor Iturriza (2), Manuel Spath (1), Djibril M’Bengue (3), Miguel Martins (2), Rui Silva (1), Daymaro Salina (4), Ivan Sliskovic (1), Leonel Fernandes (1), Diogo Branquinho (4), Diogo Silva (4), António Areia (3), André Gomes (2), Miguel Alves (4) e Fábio Magalhães (2)
Treinador: Magnus Andersson

ABC: Carlos Oliveira e Cláudio Silva (g.r.); Sebastián Gutierrez (3), Ricardo Leite, Predrag Rodic (7), Arsenashvili Erekle (3), André José (1), Bruno Machado, Rui Baptista (3), Hugo Manso, Tomás Teles (1), André Rei (2), Diogo Silva e João Fernandes (2)
Treinador: Jorge Rito

Ao intervalo: 16-8

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.