FCP logo
0

Ponta esquerda internacional português chegou ao FC Porto em 2013

Leonel Fernandes renovou o contrato que o liga ao FC Porto por três temporadas, até 2024. O ponta esquerda internacional português, de 23 anos, começou a jogar andebol no ADA Maia/ISMAI, clube do qual saiu para os juvenis do FC Porto no verão de 2013. Depois de passar pelos juvenis, pelos juniores e pela equipa B portista, Leonel Fernandes foi emprestado ao ADA Maia/ISMAI no início de 2016 e jogou pelos seniores dos maiatos até 2018. Na época 2018/19, o ponta esquerda fixou-se definitivamente na equipa principal do FC Porto, pela qual conquistou uma Supertaça, dois campeonatos e duas Taças de Portugal.

Renovação é um voto de confiança
“É uma alegria enorme poder continuar a trabalhar com esta equipa e pertencer a este clube enorme. Nos últimos três anos temos conquistado muito a nível nacional e internacional. É um voto de confiança para continuarmos a fazer um bom trabalho e podermos continuar a ganhar, que é o objetivo do FC Porto.”

Em fase de desenvolvimento
“Quando cheguei era um jogador mais novo, ainda em adaptação. Neste momento, como jogador e como pessoa, sinto-me mais maduro, sinto que cresci. Devo tudo isso ao grupo de trabalho, a quem está envolvido diariamente e é responsável pelos treinos. Sejam preparadores físicos, treinadores ou os próprios atletas. Todos me tornaram numa pessoa melhor.”

Três momentos-chave
“Estes últimos três anos têm sido fantásticos para o FC Porto e para o andebol português a nível nacional e internacional. É difícil escolher só um ponto alto, por isso diria que foram três: a vitória em Kiel, o terceiro lugar na Taça EHF e a primeira dobradinha.”

De olhos postos no campeonato, na Taça e na Final Four da Champions
“A nível nacional passa por manter o estatuto de campeão, com algumas Taças de Portugal pelo meio. A nível internacional é continuar a disputar a Liga dos Campeões com a mesma qualidade que temos vindo a demonstrar, sempre de olhos postos na Final Four.

Bancadas cheias fazem falta
“Foi um ano difícil para o desporto, e em específico para o andebol, pelas razões que todos sabemos. Quero agradecer o apoio constante que nos deram, mesmo impedidos de nos verem no Dragão Caixa, sentimos sempre a vossa força e o vosso calor. Por esse motivo quero agradecer mesmo muito e espero, neste próximo ano, ter a possibilidade de voltarmos ao normal e de termos a casa cheia para festejar as nossas vitórias.”

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.