FCP logo
0

Central internacional português leva já seis anos de Dragão ao peito

Rui Silva prolongou o vínculo que o liga ao FC Porto até 2025. O central internacional português chegou à Invicta em 2015, proveniente do Sporting, e já conta com dois campeonatos nacionais, duas Taças de Portugal e uma Supertaça no currículo azul e branco. Em declarações exclusivas ao Porto Canal e à FC Porto TV, o 14 portista mostrou-se “muito feliz” pela continuidade na Invicta, lembrou o “caminho muito bom” realizado “tanto a nível nacional como europeu” e, em relação aos objetivos para a próxima época, atirou: “Estando num clube com tanta responsabilidade como o FC Porto, é continuar a ganhar o título nacional e a Taça de Portugal, e sonhar com patamares mais altos na Liga dos Campeões”.

A renovação e a continuidade no FC Porto
“Vejo como um voto de confiança e sinto que é sinal que tenho feito um bom trabalho e que temos tido muito sucesso nos últimos anos. Estou muito feliz, sinto-me em casa, em família, as pessoas tratam-me muito bem, e conciliar isso com o sucesso tem sido algo muito bom para mim.”

Um olhar pelos seis anos de Dragão ao peito
“Faço um balanço bastante positivo, tendo noção que o início não foi tão bom, o facto de termos perdido o título nacional nos primeiros três anos, mas depois endireitámos, conseguimos voltar a ganhar o título nacional, fizemos a dobradinha e atingimos grandes palcos europeus. Temos feito um caminho muito bom, tanto a nível nacional como europeu, prova disso são os resultados que temos atingido, acreditamos que podemos fazer mais do que já foi feito, sabendo que temos muito trabalho pela frente.”

Objetivos para o futuro
“Os próximos objetivos passam por ganhar cada vez mais e, estando num clube com tanta responsabilidade como o FC Porto, é continuar a ganhar o título nacional e a Taça, e sonhar com patamares mais altos na Liga dos Campeões.” 

Os momentos de 2020/2021 que ficam na retina
“São os jogos muito competitivos que tivemos tanto com o Sporting como com o Benfica. Na primeira volta, conseguimos uma vitória muito importante fora de casa frente ao Sporting,  o que nos permitiu um maior conforto, mas o jogo em casa com o Sporting acaba por ser o momento mais importante, visto que foi um jogo muito complicado para nós em que estivemos sempre atrás no resultado e acabamos por conseguir ganhar e ter o título mais perto.”

As alterações no plantel para 2021/2022
“Faz parte do desporto e eu estou no FC Porto há alguns anos e isso tem acontecido todos os anos. É óbvio que os que saem têm muita qualidade, mas os que vêm, vêm para acrescentar qualidade e para dar continuidade ao trabalho que temos feito.”

O regresso dos adeptos ao Dragão Arena
“Estou muito feliz. O andebol e o desporto em geral precisam dos adeptos, é um espetáculo em que custa muito viver sem eles e que no próximo ano eles estejam mais perto de nós para nos ajudar a conquistar mais.”

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.