FCP logo
0

Voleibolistas azuis e brancas derrotaram o Leixões (3-0) e ergueram o troféu pelo terceiro ano consecutivo

A AJM/FC Porto soma e segue. No primeiro embate oficial da temporada, a equipa de voleibol feminino dos Dragões bateu o Leixões por 3-0 e conquistou a terceira edição consecutiva da Supertaça. O embate entre as campeãs nacionais e as detentoras da Taça de Portugal começou por ser equilibrado, mas com o passar do tempo o natural favoritismo das atletas agora orientadas por Carlos Carreño foi-se fazendo notar, tal como demonstra o resultado de três parciais sem resposta favorável às da Invicta.

O ponto inaugural da contenda caiu para o lado da AJM/FC Porto e foi premonitório do que estava para vir. O Leixões respondeu, beneficiou da vantagem mínima em duas ocasiões (4-5 e 5-6), mas um parcial de 6-0 favorável às azuis e brancas serviu de prova cabal da real distância entre ambos os conjuntos. As matosinhenses ainda conseguiram reduzir a desvantagem para três pontos em diversas ocasiões, mas nunca estiveram perto o suficiente para colocarem em causa a conquista do primeiro set. No segundo, as voleibolistas equipadas de vermelho reagiram e a marcha do marcador foi pautada pelo equilíbrio entre ambas as formações até ao 18-18. A partir daí, as portistas somaram cinco pontos consecutivos e fizeram o 2-0 logo na primeira bola de set. A derradeira partida foi a mais desequilibrada e a diferença entre ambas as equipas ficou patente no resultado final de 25-13, consumado ao cabo do único match point de que as azuis e brancas dispuseram.

“Estou muito contente, porque foram sete semanas de trabalho. A equipa trabalhou, muito, bem e da forma que eu queria. Chegámos aqui num bom momento. Estou feliz pelo clube e pela massa associativa. O FC Porto é um clube enorme, que nos dá muito, e temos que devolver isso sob a forma de títulos. Estou contente, sobretudo, porque o esforço despendido nos treinos foi recompensado e chegámos aqui numa ótima forma. Tivemos sempre o controlo do jogo, houve coisas que podíamos ter feito melhor, mas foi o primeiro jogo oficial da temporada. Estou satisfeito, ainda estamos em setembro, e agora vamos preparar os próximos desafios. Temos que continuar a celebrar títulos, a sensação vitoriosa é algo muito importante e há que continuar a trabalhar para a manter”, declarou Carlos Carreño já depois de a capitã Renatinha levantar o primeiro caneco da época 2021/22.

A defesa do título nacional arranca no próximo domingo. Às 15 horas do dia 3 de outubro, a AJM/FC Porto entra em campo no reduto do Ginásio Vilacondense para disputar a ronda de abertura do campeonato.

FICHA DE JOGO

AJM/FC PORTO-LEIXÕES, 3-0
Supertaça Feminina
25 de setembro de 2021
Pavilhão Municipal de Santo Tirso

Árbitros: Michelle Ferreira e Raquel Portela

AJM/FC PORTO: Joana Resende e Sofia Macedo (líberos); Aline Delsin, Bruna Gianlorenço, Renata Colombo, Carly Skjodt, Graziele Souza, Fernanda Isis, Janaína Vieira, Ana Couto, Adriani Vilvert, Magda Conceição, Ana Karina Olaya e Juliana Souza
Treinador: Carlos Carreño

LEIXÕES: Beatriz Basto e Adriana Monteiro (líberos); Fabíola Gomes, Eliana Durão, Eugenia Nosach, Viviane Isidoro, Juliana Antunes, Victória Pinto, Helena Monteiro, Carina Moura, Cláudia Vila Cova, Inês Costa, Maria Inês Peneda e Carolina Costa
Treinador: Miguel Coelho

Parciais: 25-21; 25-20 e 25-13

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.