FCP logo
0

Luis Díaz, Evanilson e Grujic analisaram o empate em Milão (1-1)

O FC Porto empatou, ao final desta tarde, em Milão, frente ao Milan (1-1), em jogo da quarta jornada do Grupo B da Liga dos Campeões. No final da partida, Luis Díaz, autor do golo portista, salientou o “grande trabalho” que a equipa fez e acrescentou: “É mais um golo que me enche de felicidade. É um orgulho poder ajudar a equipa”. Evanilson considerou que o FC Porto tem “muitas chances de passar” aos oitavos de final da Liga dos Campeões e lamentou não ter conseguido colocar o nome na lista de marcadores da partida: “Dei tudo, entreguei-me, queria ter feito o golo, mas não consegui e vou tentar novamente no próximo jogo”. Marko Grujic, que teve de entrar de início no jogo devido à impossibilidade, por motivos físicos, de Uribe alinhar, revelou que a equipa preparou “as duas opções” e considerou este “um resultado justo”, antes de confessar: “Vamos lutar pelos seis pontos e acho que o último jogo com o Atlético de Madrid vai ser decisivo para nós”.

Luis Díaz
“O importante foi o que fez a equipa. Fizemos um grande trabalho, controlámos o jogo, tivemos muitas bolas de golo e, se tivéssemos concretizado, o resultado seria diferente. Felicito todos os meus colegas e o corpo técnico, preparámo-nos bem e fizemos um grande jogo. É mais um golo que me enche de felicidade. É um orgulho poder ajudar a equipa. Fizemos um grande jogo e é o que temos de ter em conta neste momento. Vamos preparar bem um jogo que é importante para as duas equipas. Sabemos que vai ser um jogo muito difícil como todos nesta competição de alto nível. Temos que ser inteligentes, preparar bem o jogo e concretizar as ocasiões que criamos, isso vai ser essencial.”

Evanilson
“Fizemos um grande jogo. Vamos continuar a trabalhar e procurar a vitória no próximo jogo. O ponto pode ajudar muito, vamos à procura dos três pontos no próximo jogo, temos muitas chances de passar. Dei tudo, entreguei-me, queria ter feito o golo, mas não consegui e vou tentar novamente no próximo jogo.”

Marko Grujic
“Não tínhamos a certeza se o Matheus estaria bem, por isso preparámos as duas opções. Ficou 1-1, não sei o que levar do jogo. Poderíamos ter ganho, ter levado mais pontos, queríamos os três pontos. Foi um jogo difícil contra uma equipa muito boa e o empate é um resultado justo. É importante não termos perdido, temos agora dois jogos, nada está resolvido. Vamos lutar pelos seis pontos e acho que o último jogo com o Atlético de Madrid vai ser decisivo para nós. Estou contente com a minha prestação.”

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.