FCP logo
0

Dragões triunfaram diante do Milan por 1-0

Os Sub-19 do FC Porto venceram o AC Milan em Milão (1-0) e seguraram a liderança do grupo B da Youth League. Diogo Abreu, de grande penalidade, fez o golo que selou o destino da partida.

Numa primeira parte marcada pelo grande equilíbrio e pela disputa de bola longe das balizas (apenas quatro remates do FC Porto e um do Milan), os portistas sentiram grande dificuldade na definição das jogadas no último terço, tendo perdido, assim, várias oportunidades para ferirem o adversário. Sempre pressionantes, os azuis e brancos recuperaram várias vezes o esférico na primeira fase de construção dos italianos e tiveram mesmo a melhor oportunidade do primeiro tempo: Bernardo Folha, aos 26 minutos, disferiu uma autêntica bomba de fora da área, que Desplanches defendeu a dois tempos. Depois de 45 minutos de muita chuva, mas não de golos, manteve-se o nulo ao intervalo.

Após um início de etapa complementar em que o Milan vinha ganhando algum ascendente na partida, foi o FC Porto a chegar ao golo de grande penalidade. Rodrigo Pinheiro chegou primeiro à bola dentro da área transalpina e Coubis derrubou o lateral. Na marcação do penálti, Diogo Abreu não deu hipóteses a Desplanches e deu vantagem aos Dragões no placar (72m). Os portistas subiram de rendimento com o golo marcado e dominaram o encontro a partir desse momento, tendo apenas o Milan chegado mais perto da área do FC Porto nos minutos finais.

Os jovens Dragões voltam a jogar no campeonato, em que recebem o Feirense, no próximo domingo (11h00, Porto Canal/FC Porto TV).


FICHA DE JOGO

AC MILAN-FC PORTO, 0-1
UEFA Youth League, Grupo B, 4.ª jornada
3 de novembro de 2021
Centro Sportivo Vismara, em Milão

Árbitro: Trustin Farrugia Cann (Malta)
Assistentes: Luke Portelli e Duncan Spencer (Malta)
Quarto árbitro: Alessandro Prontera (Itália)

AC MILAN: Desplanches (g.r); Coubis, Bosisio (cap.), Nsiala Makengo, Kerkez, Bright, Eletu, Gala, Capone, Traore e Rossi
Substituições: Andrea Bozzolan por Marco Bosisio (58m), Emil Roback por Andrea Capone (75m), Marco Nasti por Leonardo Rossi (75m), Giovanni Incorvaia por Kerkez (87m) e Gabriele El Hilali por Chaka Traore (87m)
Não utilizados: Pseftis e Foglio
Treinador: Federico Giunti

FC PORTO: Ivan Cardoso; José Macedo, David Vinhas, Gabriel Brás, Rodrigo Pinheiro, Diogo Abreu, Bernardo Folha (cap.), Vasco Sousa, Umaro Candé, Rui Monteiro e Jorge Meireles
Substituições: Martim Fernandes por José Macedo (77m), Benicio Baker-Boaitey por Rui Monteiro (77m), Tiago Antunes por Vasco Sousa (77m), António Ribeiro por Bernardo Folha (87m)
Não utilizados: Gonçalo Machado, Ricardo Rei e Doro Dabo
Treinador: José Tavares

Ao intervalo: 0-0

Marcadores: Diogo Abreu (72m)

Disciplina: cartão amarelo exibido a Umaro Candé (16m), Andrea Capone (32m), Eletu (56m), Coubis (71m), Bernardo Folha (79m) e a Diogo Abreu (90m)
 

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.