FCP logo
0

FC Porto B venceu no reduto da Académica num jogo em atraso da 8.ª jornada da Liga Portugal 2

O enguiço foi quebrado. Depois de quatro empates consecutivos, a equipa B do FC Porto está de regresso às vitórias e para tal os jovens Dragões foram a Coimbra bater a Académica por 2-1. Num encontro em atraso da oitava jornada da Segunda Liga, os azuis e brancos colocaram-se a vencer graças a um fantástico golo de Mor Ndiaye. Os estudantes reagiram e Silvestre Varela teve que puxar do estatuto de capitão para garantir a conquista dos três preciosos pontos. Com este resultado, o FC Porto B tem 15 nas onze rondas disputadas até ao momento.

De regresso a um esquema com quatro defesas graças às trocas promovidas por António Folha ao onze que havia defrontado o Varzim no passado dia 7 - Rodrigo Fernandes por Zé Pedro por João Peglow por Gonçalo Borges - os “bês” portistas foram os primeiros a mostrar ao que vinham, num remate à meia volta de Bernardo Folha que antecedeu outro de pé esquerdo e de fora da área que só o ferro travou. O momento do jogo viria a surgir em cima da meia hora: também com a canhota, Mor Ndiaye disparou um míssil de longa distância que entrou no ângulo superior da baliza da casa e só travou no fundo das redes. A perder 1-0, a Académica reagiu. Num lance confuso, em que os portistas pedem fora de jogo (com fundamento), João Carlos empatou na recarga. 

A segunda parte arrancou com uma grande defesa de Ricardo Silva e com o dono da braçadeira a dar o exemplo. Qual ponta de lança, Varela recebeu no coração da área, rodou e deu o melhor seguimento a um cruzamento de Léo Borges, repondo a vantagem azul e branca (2-1). No lance de ataque seguinte em que os forasteiros criaram perigo, o capitão combinou com Bernardo Folha sobre o flanco esquerdo. O remate do jovem médio rasou o poste mais distante e causou calafrios a Mika. À entrada para o derradeiro terço da contenda, Folha teve tudo para fazer o 3-1, mas finalizou contra o guardião visitado e desperdiçou a melhor das três oportunidades de que dispôs para faturar. Até ao final, Zé Pedro entrou para o lugar de Bernardo - reforçando o eixo defensivo portista -, Varela foi substituído por Vasco Sousa, Rodrigo Pinheiro rendeu o desgastado Peglow e o FC Porto B teve a frieza necessária para não deixar fugir o merecido triunfo.

“Foi um triunfo da nossa identidade. Entramos em qualquer campo para ganhar e este não fugiu à regra. Sabíamos que ia jogar contra uma equipa que atravessa um mau momento, os jogadores estão algo intranquilos, e sabíamos disso. Mas também sabíamos que nos podiam criar grandes dificuldades se não fizéssemos o que planeámos. As coisas saíram-nos bem, mudámos o sistema para este jogo e correu-nos bem. A equipa nunca deixou criar muitas oportunidades ao adversário e teve qualidade com bola para jogar no meio-campo adversário e fazer golos. Foi uma vitória justa, porque o FC Porto foi a equipa mais tranquila e mereceu esta vitória. A equipa vinha de alguns jogos sem perder, e sabemos que nesta Liga é muito difícil ganhar jogos. É muito competitiva, o último pode ganhar ao primeiro e é uma guerra. Esta equipa dá-nos mais garantias, estamos crescendo, temos feito coisas boas, temos muito para crescer, jovens com talento, mas também temos muito para melhorar. Estou satisfeito, claro que sim”, declarou António Folha no rescaldo da partida.

No próximo domingo, dia 28 de novembro (11h00, Sport TV), o FC Porto B viaja até ao Estádio Marcolino de Castro para defrontar o vice-líder Feirense.

FICHA DE JOGO

ACADÉMICA-FC PORTO B, 1-2
Liga Portugal 2, 8.ª jornada
21 de novembro de 2021
Estádio Cidade de Coimbra

Árbitro: Carlos Macedo
Assistentes: Fábio Silva e Andreia Sousa
Quarto árbitro: Nuno Eiras

ACADÉMICA: Mika, João Lucas, Michael Douglas, Fábio Vianna, David Sualehe, Ricardo Dias, Mimito, Toro, Traquina (cap.), Fatai e João Carlos
Substituições: Toro por Michel Lima (68m), David Sualehe por Costinha (68m), João Carlos por Fábio Fortes (71m), João Lucas por João Pedro (86m) e Traquina por Reko (86m)
Não utilizados: Stojkovic, João Tiago, Rodríguez e Justiniano
Treinador: João Carlos Pereira

FC PORTO B: Ricardo Silva, Levi Faustino, Romain Correia, João Marcelo, Léo Borges, Mor Ndiaye, Rodrigo Fernandes, Bernardo Folha, João Peglow, Silvestre Varela (cap.) e Danny Loader
Substituições: Bernardo Folha por Zé Pedro (82m), Silvestre Varela por Vasco Sousa (87m) e João Peglow por Rodrigo Pinheiro (90+3m)
Não utilizados: Ivan Cardoso, Wesley, Diogo Abreu, Diogo Ressurreição, Umaro Candé e Sebastian Soto
Treinador: António Folha

Ao intervalo: 1-1
Marcadores: Mor Ndiaye (29m), João Carlos (35m), Silvestre Varela (49m)
Disciplina: cartão amarelo a David Sualehe (43m), Bernardo Folha (68m), Rodrigo Fernandes (82m) e Reko (90+6m)

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.