FCP logo
0

FC Porto recebeu e venceu o Póvoa em jogo da 16.ª jornada da Liga (82-55)

O FC Porto recebeu no Dragão Arena o Póvoa, adversário que os portistas bateram por 82-55. Max Landis foi o jogador em maior destaque na partida, com 20 pontos marcados, mais um que Francisco Amarante (19).  

Os Dragões entraram com ímpeto máximo e dois triplos, convertidos por Max Landis e Jonathan Arledge, abriram as hostilidades da partida. No final do primeiro período, a eficácia nos três pontos (55%) ajudava a explicar a larga vantagem azul e branca no placar (25-12), muito devida também à inspiração de Francisco Amarante, que assinou 13 pontos em 10 minutos, mais do que toda a equipa adversária. No segundo quarto, o Póvoa respondeu, mas não abalou a tranquilidade portista na dianteira do embate, que se fixou nos oito pontos. Francisco Amarante, com 15 pontos, vinha-se destacando dos demais ao final dos primeiros 20 minutos do encontro.

À entrada para a etapa complementar, os azuis e brancos procuraram fechar o destino da partida e foi isso que, aproveitando algum desgaste físico e mental do adversário, fizeram. Com 16 pontos de vantagem, os Dragões entraram nos últimos dez minutos com a vitória na mão e selaram-na com uma vantagem de 27 pontos (82-55).

“Vencemos, que era o que queríamos, e demos minutos a atletas que vinham jogando menos. O segundo período não foi bem jogado, mas foi um jogo tranquilo. Eles falharam imenso, a nossa defesa tem mérito nisso, sem dúvida. Foi um jogo, não fácil, mas tranquilo. Estamos nesta final four e só se pensa em ganhar neste clube, por isso se ganha tantas vezes. Temos de encarar todas as provas sabendo que temos uma grande responsabilidade com os nossos adeptos, que querem ver em nós uns grandes lutadores. Não sabemos em que condições vamos por causa do coronavírus, os jogadores alteram-nos a estrutura da equipa, o grupo ficou reduzido, mas, seja quem for, vamos determinados a vencer”, afirmou Moncho López no final da partida.

No próximo fim de semana, o FC Porto vai defender o troféu da Taça Hugo dos Santos conquistado na temporada passada. O Sporting é o primeiro alvo a abater nas meias-finais (sábado, 16h30).


FICHA DE JOGO

FC PORTO-PÓVOA, 82-55

Liga Portuguesa de Basquetebol, 16.ª jornada
14 de janeiro de 2022
Dragão Arena

Árbitros: Hugo Silva e Diogo Martins

FC PORTO: Rashard Odomes (12), Francisco Amarante (19), Jonathan Arledge (13), Miguel Queiroz (cap.) (6) e Max Landis (20)
Suplentes: João Torrie, Vlad Voytso (2), Markus Lončar (4), João Soares (3) e Miguel Correia (3)
Treinador: Moncho López

PÓVOA: Diego Kapelan (7), Nakye Sanders (21), Jorge Rodrigues (4), Delaney Blaylock (12) e Zarko Jukic (6)
Suplentes: Sérgio Duarte (cap.), Miguel Rodrigues, Rui Coelho, Paulo Sereno, Guilherme Nunes, Rafael Costa e João Embaló (5)
Treinador: José Rodrigues

Ao intervalo: 39-31
Parciais: 25-12; 14-19; 24-16; 19-8

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.