0

FC Porto bateu o ABC (25-24) e somou a terceira vitória consecutiva no Andebol 1

O FC Porto deslocou-se, na tarde deste sábado, a Braga, para impor ao ABC a primeira derrota da temporada no Pavilhão Sá Leite e somar a terceira vitória consecutiva no Campeonato Nacional Andebol 1 (25-24). A equipa orientada por Magnus Andersson soma agora 22 pontos em oito jornadas e mantém-se na perseguição ao primeiro lugar da classificação.

Como é tradição, o clássico começou equilibrado e com os dois guarda-redes a assumir o protagonismo. O experiente Humberto Gomes, tal como o ex-portista Hugo Rosário, foi um dos grandes responsáveis por permitir que os bracarenses andassem na frente nos primeiros minutos do encontro. Mas do outro lado estava Alfredo Quintana, que atravessa um excelente momento de forma: o luso-cubano, que esta semana esteve em destaque na EHF, defendeu nove remates na primeira parte (contra cinco de Humberto Gomes) e não só ajudou o FC Porto a estar mais tempo na liderança no marcador, como a chegar ao intervalo em vantagem (12-11).

O ABC entrou melhor no segundo tempo, aproveitou alguns erros defensivos dos portistas para se colocar novamente na frente e até chegou a estar a ganhar por três, mas a verdade é que não foi por muito tempo. A recuperação portista começou quando Quintana parou dois remates consecutivos e colocou o primeiro travão ao ímpeto dos arsenalistas. No ataque, Alexis Borges, André Gomes e António Areia, os melhores marcadores do lado do FC Porto (cinco golos), trataram de fazer o resto e recolocaram a equipa orientada por Magnus Andersson no comando do marcador que nunca mais largaram até a buzina soar pela última vez.

No calendário azul e branco segue-se a deslocação ao pavilhão do Fafe, na próxima quarta-feira (21h00, Porto Canal), num encontro antecipado da 10.ª jornada do campeonato.

FICHA DE JOGO

ABC-FC PORTO, 24-25

Andebol 1, 1.ª fase, 8.ª jornada
3 de novembro de 2018
Pavilhão Flávio Sá Leite, Braga
Árbitros: Rúben Maia e André Nunes (Aveiro)

ABC: Humberto Gomes, Carlos Oliveira e Cláudio Silva (g.r.); José Rolo (2), Hugo Rocha, Carlos Bandeira (2), João Peixoto, Nuno Silva (8), Dario Andrade (4), Eduardo Mendonça, Hugo Rosário (4), António Ventura (1), André Rei (2), Francisco Silva e Rui Ferreira
Treinador: Jorge Rito

FC PORTO: Alfredo Quintana e Thomas Bauer (g.r.); Víctor Iturriza, Yoan Balázquez, Miguel Martins (1), Djibril Mbengué (1), Ángel Zulueta (1), Rui Silva (1), Daymaro Salina, Leonel Fernandes, Alexis Borges (5), Diogo Branquinho, António Areia (5), André Gomes (5), Miguel Alves (3) e Fábio Magalhães (3)
Treinador: Magnus Andersson

Ao intervalo: 11-12

O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.