FCP logo
0

Reação a mentira de Rui Santos

O jornalista Rui Santos, comentador da SIC Notícias, emitiu ontem uma “opinião” curiosa sobre o problema físico - confirmado por ressonância magnética - que impediu Danilo de jogar no sábado, recorrendo à ironia para insinuar que o capitão do FC Porto não falhou o jogo por lesão. Rui Santos inaugurou, dessa forma, um novo campo no comentário desportivo, em que gente sem informação privilegiada e sem qualquer qualificação para o fazer se dedica a dissertar sobre questões clínicas.

O objetivo foi aproveitar um pressuposto falso para discorrer sobre um problema que não existe no FC Porto. Ao fazê-lo, Rui Santos enganou os espectadores da SIC Notícias e colocou em causa de uma forma inaceitável a integridade e a competência do corpo médico do FC Porto, do seu diretor clínico Dr. Nelson Puga, do treinador Sérgio Conceição e do próprio capitão Danilo.

Nos últimos anos, Rui Santos tem feito um esforço para se destacar como uma espécie de paladino da defesa da “verdade desportiva” e da “pacificação” do futebol português. São lutas com princípios bonitos e importantes que nenhum apreciador de desporto pode rejeitar, mas que Rui Santos está muito longe de praticar. Varrer do jornalismo quem recorre à mentira, à insinuação e à acusação sem provas pode ser um excelente primeiro passo para tornar o futebol português mais verdadeiro, saudável e pacífico.

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.