FCP logo
0

Música "Many Faces", dos James, é o mote para uma mensagem de inclusão

“There's only one
Human race
Many faces
Everybody belongs here.”


Há muitas caras, mas apenas uma raça humana. Todos pertencem aqui.

Esta é uma tradução possível do refrão da música “Many Faces”, dos James, uma canção sobre a igualdade que irá soar pela primeira vez no Estádio do Dragão na próxima sexta-feira, dia do jogo da 17.ª jornada da Liga frente ao SC Braga.

Trata-se de mais uma ação que se insere na política do FC Porto de promoção da inclusão, respeito e igualdade. Desde sempre, o clube assume a sua responsabilidade na consciencialização para temáticas tão importantes na sociedade atual como a igualdade, combatendo qualquer forma de discriminação social ou territorial.

Alinhada com os objetivos de desenvolvimento sustentável, esta é uma campanha que, através da mensagem da música, que integra o álbum de 2018 dos James “Living in Extraordinary Times”, pretende também consciencializar as gerações mais jovens para as consequências negativas de uma atitude discriminatória.

Ciente de que é com ações concretas que a mensagem passa, o FC Porto, em conjunto com Saul Davies, guitarrista da banda britânica, construiu esta campanha multimeios que será visível e audível não só no Estádio do Dragão, mas também no Dragão Arena e outros locais ou eventos onde o FC Porto marque presença.  Para o efeito, foi desenvolvida uma versão especial do tema, com músicos convidados, que será apresentada no Dragão, esta sexta-feira. Um vídeo inédito foi também criado e será difundido não só no Estádio como nos vários meios do clube.

Tiago Gouveia, diretor de Marketing do FC Porto, explica que a intenção do clube é, precisamente, amplificar o imaginário que norteia o tema. “É uma música extraordinária, mas, mais importante para nós, tem uma mensagem poderosa e completamente atual. Um hino pela igualdade, a que o FC Porto se associa com muito orgulho porque entendemos que devemos fazer tudo para transmitir mensagens como esta, que se enquadram plenamente nos valores do nosso clube e, sobretudo, na sua responsabilidade social perante a comunidade. O futebol é um fortíssimo veículo de transmissão de mensagens e devemos adequá-las àquilo que são os valores do clube”, defende.

Teresa Santos, responsável pela área de Sustentabilidade do FC Porto, reforça esta ideia: “É mais uma ação que vem ao encontro do que temos feito ao longo dos anos junto dos nossos sócios e adeptos, mas também da comunidade, porque não podemos esquecer que o FC Porto é um clube profundamente ligado à região. É responsabilidade do FC Porto fazer a sua parte em prol de um mundo mais justo e com estas iniciativas influenciar a comunidade a refletir sobre esta temática. O futebol deverá ser o exemplo perfeito da inclusão e integração social!”

Saul Davies, por seu turno, lembra que “na sociedade moderna não há lugar para discriminação, seja por causa da cor da pele, idade, religião, sexo ou orientação sexual”.

“Portanto nós, artistas, mas também desportistas, homens e mulheres em geral, devemos defender a tolerância e promover a justiça e a compreensão. Estou muito orgulhoso por estar ao lado do FC Porto nesta iniciativa, que permite reunir uma grande instituição desportiva com uma grande música, para beneficio de todos. Afinal, todos fazemos parte da raça humana e todos pertencemos aqui”, finalizou.

O momento musical, que contará com convidados especiais no relvado do Dragão a revelar oportunamente, irá acontecer antes do apito inicial do encontro que está agendado para as 19 horas.

'Many Faces' courtesy of James/BMG
Many Faces · James . Living in Extraordinary Times ℗ 2018 BMG Rights Management (UK) Limited
Written by James (Booth/Glennie/Davies/Hunter), Lyrics by Tim Booth

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.