FCP logo
0

FC Porto superou o Académico de Viseu (3-0), no Estádio do Dragão, e vai defrontar o Benfica na final da Taça de Portugal

O FC Porto está na final da Taça de Portugal depois de receber e bater o Académico de Viseu (3-0), no Estádio do Dragão, na 2.ª mão das meias-finais. Alex Telles (19m), de penálti, Zé Luís (64m) e Sérgio Oliveira (74m) foram os marcadores de serviço nos azuis e brancos, que vão discutir a conquista do troféu com o Benfica. A final da Taça de Portugal está agendada para dia 24 de maio, no Estádio do Jamor.

Mesmo com várias mudanças na equipa titular comparativamente ao clássico com o Benfica, o FC Porto desde cedo impôs a sua superioridade perante o Académico de Viseu, mas só da marca de penálti é que se adiantou no marcador. Felix Santos empurrou Zé Luís na área viseense e Manuel Oliveira assinalou o respetivo castigo máximo, cobrado exemplarmente por Alex Telles, que apontou o nono golo na época (19m). Em vantagem, os Dragões tornaram-se ainda mais pressionantes.

Nakajima (29m), Wilson Manafá (36m) e Luis Díaz (42m) ainda ameaçaram o 2-0, mas foi Zé Luís quem esteve verdadeiramente perto de o conseguir por duas vezes no mesmo lance (43m). Apesar do maior ascendente portista, o intervalo chegou com os Dragões a vencer pela margem mínima, mas essa diferença seria ampliada após o reatamento. Já depois de Luis Díaz (59m) e Tecatito Corona (63m) desperdiçarem mais duas oportunidades claras, o FC Porto ganhou finalmente maior conforto no jogo.

Depois de ter aberto as hostilidades numa noite fria, Alex Telles serviu Zé Luís com conta, peso e medida para o 2-0: cruzamento do lateral brasileiro e cabeceamento certeiro do avançado cabo-verdiano (64m). Pouco depois, na sequência de um canto batido por Alex Telles, Diogo Leite desviou de cabeça ao primeiro poste e Sérgio Oliveira encostou para o 3-0, mas o golo foi anulado e o VAR teve de entrar em ação para repor a verdade. O médio do FC Porto estava em posição regular e o 3-0 sentenciou de vez a eliminatória (74m).

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.