FCP logo
0

Pepê deixa as primeiras indicações sobre os primeiros tempos de azul e branco em exclusivo à edição de agosto da revista Dragões

Do Brasil, onde já vestia de azul, para Portugal, Eduardo Gabriel Aquino Cossa, mais conhecido como Pepê, chegou ao Dragão na véspera de São João depois de ter brilhado ao serviço do Grémio de Porto Alegre. Já “ciente da grandeza do FC Porto”, concedeu uma entrevista à edição de agosto da revista Dragões, em que abordou os primeiros tempos de azul e branco e olhou para o futuro, que se espera risonho.

O FC Porto é um grande clube, um dos maiores da Europa e do mundo. Tal como o Alex Telles comentou comigo, é um clube onde todo o plantel te abraça desde o momento em que chegas”, começou por afirmar o brasileiro de 24 anos, que espera poder adaptar-se “o mais rápido possível” e corresponder às expectativas dos adeptos. Acima de tudo está uma única meta: “Ser campeão. Esse é o maior objetivo de todos”.

Os primeiros tempos foram de adaptação, quer ao balneário, onde encontrou referências “não só do futebol em Portugal, mas também do mundo inteiro” como Pepe e Sérgio Oliveira, mas também ao treinador, que “cobra bastante”. 

O avançado brasileiro deixou ainda uma mensagem aos adeptos, que tão bem o receberam e motivaram a vir para o FC Porto: “Queria agradecer todo o carinho que tiveram para comigo desde o princípio. Vou procurar dar o meu melhor, o meu máximo, para me adaptar o mais rapidamente possível e poder ser capaz de dar muitas alegrias a todos os adeptos”.

A edição 417 da revista Dragões conta também todas as incidências de um jogo de apresentação com “golos para todos os gostos numa atmosfera eletrizante”, frente ao Lyon (5-3), e recorda outros “jogos de estreia no Dragão”. Curiosamente, um dos jogadores que teve pontaria afinada no primeiro teste na Invicta foi Mehdi Taremi, que já em abril havia marcado o “golo perfeito” de pontapé de bicicleta, que consumou a única derrota do campeão europeu Chelsea na Liga dos Campeões (1-0) e que foi agora eleito como o melhor golo da Europa pela UEFA. Uma verdadeira “Bicicleta de Montanha”. 

Do Olival ao Algarve, das contratações às readmissões, dos meros simulacros aos jogos de preparação assumida, o FC Porto delineou estratégias e limou arestas para a nova temporada em “500 quilómetros de tubo de ensaio”. Enquanto decorriam os trabalhos azuis e brancos, Marchesín e Luis Díaz iam dando cartas numa “Copa azul americana”. 

Há espaço na edição deste mês para abordar “As ironias de um destino singular”, um retrato do que foi a série “Ironias do Destino”, a autobiografia desportiva de Jorge Nuno Pinto da Costa enquanto presidente do FC Porto realizada em formato audiovisual em colaboração com Estela Machado, que é transmitida pelo Porto Canal e pela FC Porto TV. 

O universo portista recorda também José Francisco Leandro Filho, Duda no mundo do futebol, que nasceu e morreu em Maceió, no Brasil, com quase 74 anos de intervalo entre as duas datas. Pelo meio, passou por Portugal e brilhou em frente às balizas, afirmando-se no Vitória de Setúbal europeu engendrado por José Maria Pedroto e atingindo o auge da carreira ao serviço do FC Porto, também sob a liderança do Mestre. “Manchester nunca o esqueceu”.

Nas modalidades, começando pelo andebol, haverá uma “Uma constelação na órbita do Arena”, com o sorteio da Liga dos Campeões a colocar várias estrelas do andebol mundial no caminho de um FC Porto com caras novas no plantel. Há também uma “Nova era sobre patins”, com a contratação de Ricardo Ares para o comando da equipa de hóquei em patins, depois do final de ciclo de Guillem Cabestany. Há reforços e regressos para acompanhar no rinque do Dragão Arena. Também o desporto adaptado merece destaque pelos três troféus conquistados no ténis de mesa e na natação, que foram entregues no Museu do FC Porto e cujos responsáveis pelos feitos mereceram grandes elogios de Jorge Nuno Pinto da Costa: “Revejo-me com muita alegria e orgulho na vossa dedicação”.

A edição de agosto da revista Dragões chegará, brevemente, às FC Porto Stores. Até lá, encontra-se disponível na sua versão digital. É fácil e gratuito.
 

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.