FCP logo
0

Galardões serão entregues no dia 29 de novembro

Já é conhecida a lista dos vencedores dos Dragões de Ouro 2021, que serão entregues durante o dia 29 de novembro (segunda-feira). Fique a conhecer um pouco mais sobre os galardoados deste ano, que a partir do dia 29 do próximo mês passarão a pertencer a um legado iniciado em 1985, já sob a presidência de Jorge Nuno Pinto da Costa.

Os vencedores dos Dragões de Ouro 2021

Dirigente do Ano: Fernando Gomes
Fernando Gomes foi indiscutivelmente um dos melhores avançados da história do FC Porto e não é por acaso que é o melhor marcador de sempre do clube, com um total de 355 golos em 450 jogos de azul e branco. O eterno “Bibota” é agora membro da Direção e o responsável máximo pela formação dos Dragões.

Atleta do Ano: Amaro Antunes
Amaro Antunes foi o grande vencedor da 82.ª edição da Volta a Portugal e repetiu o triunfo individual do ano anterior. Nos últimos dois anos, o ciclista algarvio da W52-FC Porto foi um exemplo de sacrifício e superação, duas características indissociáveis de quem veste a camisola azul e branca.

Atleta Jovem do Ano: Umaro Candé
O jovem extremo guineense, de apenas 16 anos, chegou ao FC Porto em 2017/2018, oriundo do Benfica, depois de ter despontado no Fidjus di Bideras, da Guiné-Bissau. Depois de brilhar nos Sub-15 e nos Sub-17 portistas, Umaro Candé foi integrado no plantel de Sub-19 e em junho deste ano assinou o primeiro contrato profissional, prolongando o vínculo que o liga ao clube até 2024. 

Atleta Amador do Ano: Joana Resende
Joana Resende é uma figura indissociável do sucesso que resultou da parceria entre a Academia José Moreira e o FC Porto. Na época passada, a experiente líbero sagrou-se campeã nacional pela AJM/FC Porto e é um dos pilares da equipa feminina de voleibol.

Atleta de Alta Competição do Ano: Rui Silva
O central internacional português chegou à Invicta em 2015, proveniente do Sporting, e já conta com dois Campeonatos Nacionais, duas Taças de Portugal e duas Supertaças no currículo azul e branco. Rui Silva é um dos esteios da equipa de andebol do FC Porto e, por consequência, da seleção portuguesa.

Atleta Revelação do Ano: Francisco Conceição
Depois de brilhar ao serviço dos Sub-17 e dos Sub-19, Francisco Conceição subiu à equipa B e deu tanto nas vistas que na mesma época (2020/21) se fixou em definitivo no plantel principal do FC Porto.

Futebolista do Ano: Sérgio Oliveira
É um dos capitães da equipa principal do FC Porto e percebe-se porquê, pois chegou ao clube em 2002/03, na altura para o escalão de Sub-11. Desde então, poucas foram as épocas afastadas do Dragão, mas aquelas em que esteve foram as que o fizeram regressar a casa. Já conquistou dois Campeonatos Nacionais, duas Taças de Portugal e duas Supertaças, além de estar ligado a alguns momentos inesquecíveis na história do clube.

Treinador do Ano: Moncho López
A cumprir a 13.ª época no comando técnico da equipa de basquetebol, Moncho López liderou os Dragões à conquista da Taça Hugo dos Santos na temporada passada e só não lhe juntou o título de campeão nacional devido a vários erros claros de arbitragem na final dos Playoffs frente ao Sporting.

Quadro do Ano: Tiago Gouveia
Chegou ao FC Porto em novembro de 2011 para ser o diretor de Marketing e está prestes a cumprir uma década no cargo. Tiago Gouveia está ligado a vários sucessos na promoção da marca e imagem do FC Porto, bem como ao crescimento considerável do clube nas redes sociais, nas quais é líder absoluto a nível nacional.

Carreira: António Sousa
Além de médico do hóquei em patins do FC Porto, António Sousa é também o diretor do Serviço de Ortopedia do Hospital de São João, mas a ligação ao clube começou há 25 anos, em 1996. São já duas décadas e meia a servir o hóquei em patins azul e branco, mas António Sousa também “empresta” a sua competência às restantes modalidades do clube.

Recordação do Ano: Reinaldo Teles
Uma vida com 70 anos em que mais de meio século é dedicado ao FC Porto só pode ser uma vida completa. Reinaldo Teles foi atleta, seccionista, diretor, vice-presidente e administrador do clube que ajudou a transformar no melhor de Portugal e num dos melhores do mundo. Para Reinaldo Teles, não havia impossíveis no FC Porto.

Sócio do Ano: João Barbosa Carvalho
Sócio há mais de 44 anos, acompanhou sempre as diferentes equipas e modalidades do clube. Mas isso não chegou e por isso, há mais de 20 anos, é seccionista e delegado da equipa principal de natação. Desde então fez um trabalho notável com atletas e treinadores

Parceiro do Ano: Internationales Bankhaus Bodensee AG – IBB AG
Esta entidade bancária alemã foi essencial para o FC Porto numa altura em que os bancos nacionais fecharam as portas ao clube.

Casa do Ano: Casa do FC Porto de Seia
A Casa do FC Porto de Seia é uma das delegações azuis e brancas no distrito da Guarda e abriu portas em março de 2019. É indiscutivelmente um espaço de referência para os portistas da zona Centro do país.

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.