FCP logo
0

Jorge Nuno Pinto da Costa abordou os temas da atualidade, como o estado do campeonato e a proposta de criação da Super Liga Europeia

Jorge Nuno Pinto da Costa considera que aquilo a que se assistiu no Farense-Sporting, da jornada 27 da Liga NOS, faz o FC Porto ter “noção de que vai ser mais difícil” revalidar o título nacional. À margem da conferência de imprensa promovida pelo emblema da Invicta, relativa à situação financeira da SAD azul e branca, o Presidente do FC Porto anunciou ainda a existência de “contactos informais de alguns clubes” para que os Dragões integrassem a nova Super Liga Europeia, porém Pinto da Costa garantiu: “Não demos grande atenção”.

Super Liga Europeia
“Houve contactos informais de alguns clubes, mas não demos grande atenção por duas razões. A primeira é que a União Europeia não permite que haja um circuito fechado de provas como na NBA, por exemplo. Estando a Federação Portuguesa de Futebol contra isso, e fazendo ela parte da UEFA, não podemos participar numa coisa que é contra os princípios e regras da União Europeia e da UEFA. Se isso for para a frente, algo que eu ponho muitas dúvidas, a UEFA não vai acabar e com certeza que hão-de continuar a ter provas. Há que reconhecer que as provas que a UEFA organiza é que são as provas oficiais. Não estamos preocupados em estar ou não, estamos na Champions e esperamos continuar a estar por muitos anos.”

Ao lado de outros tubarões e atrás de ninguém
“Olhamos para os que estão do outro lado, como o Bayern, o Ajax ou o PSG. Se nós estamos incluídos na UEFA não podemos pensar que, saindo alguém, temos de ir atrás.”

Qualificação para a próxima Liga dos Campeões
“Os primeiros a pensar nisso são o Sérgio Conceição e os jogadores. Eles é que podem estar a fazer pressão sobre o doutor Fernando Gomes. Nenhum jogador ou elemento da equipa técnica, nomeadamente o treinador, que até nos treinos quer ganhar, admite estar fora da Liga dos Campeões. Se ainda admitem poder ser campeões, e eu também… embora depois de Faro tenhamos a noção de que vai ser mais difícil. Mas são eles que nos transmitem essa ideia.”

Rescaldo da Champions
“Foi uma participação excelente, só não estou de acordo que tenhamos dado muita luta ao Chelsea. O Chelsea é que teve de dar muita luta ao FC Porto e soube aproveitar dois erros individuais, que acontecem aos melhores, para seguir em frente. Não resta dúvida nenhuma de que o FC Porto foi superior ao Chelsea.”

Preparados para tudo
“Admito tudo, admito amanhã um terramoto. Aqui no Porto não, mas noutro sítio qualquer. Temos de estar preparados para tudo e sei que, pelos responsáveis, está a ser feito um esforço para que tudo decorra normalmente”

Renovação de Sérgio Conceição
“Mantenho a mesma convicção. Quando houver novidades nós comunicaremos. É quando nós entendermos e não por pressões, seja de quem for.”

Apoios do estado
“Ninguém compreende, ainda para mais sendo o futebol uma indústria que dá trabalho a tanta gente e que enche os cofres do estado com dinheiro dos impostos como poucas indústrias fazem. Já sabemos qual é a política do governo, mas não contamos com nada. Aproveito para pedir ao governo que nos pague o que é nosso e que tem em seu poder, que é o IVA e que já devia estar em nossa posse desde o ano passado. São 4 milhões e 750 mil euros. Não só não nos ajudam como ainda retêm o que é nosso. Isso tem um termo no dicionário, que não vou dizê-lo, mas procurem na letra C.”

    O Portal do FC Porto utiliza cookies de diferentes formas. Sabe mais aqui.
    Ao continuares a navegar no site estás a consentir a sua utilização.